27.7 C
Serra
sábado, 28 maio - 2022
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 71.679 casos
  • 1.485 mortes
  • 69.752 curados

Serra mantém volta das aulas presenciais e vai bater martelo sobre passaporte da vacina para crianças

Leia também

Campanha de segurança de trânsito alcança 3 mil serranos

Desde o inicio deste mês, o Departamento Operacional de Trânsito (DOT), tendo em vista a campanha de conscientização de...

Polícia prende suspeitos de roubar carro com bebê e criança na frente de creche na Serra

A Policia Civil, por meio da Divisão Especializada de Furtos e Roubos de Veiculos, prendeu em flagrante um dos...

Lei torna hediondo crime praticado contra menores de 14 anos

O Presidente Jair Bolsonaro sancionou a Lei 14.344/2022 que cria mecanismos para a prevenção e o enfrentamento da violência...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br
Gabriel Almeida é jornalista do Tempo Novo há mais de sete anos. Atualmente, escreve para diversas editorias do jornal.

É possível que seja exigido o passaporte vacinal para que as crianças acessem as salas de aula. Foto: Divulgação

A Prefeitura da Serra confirmou, na tarde desta quarta-feira (26), a volta às aulas presenciais nas escolas municipais da cidade a partir do dia 4 de fevereiro. De acordo com a Secretaria de Educação (Sedu), o crescimento de casos de coronavírus não será impedimento para o retorno, já que as escolas foram adaptadas para a pandemia. No entanto, é possível que seja exigido o passaporte vacinal para que as crianças acessem as salas de aula.

As informações foram concedidas ao Jornal Tempo Novo. O Município explicou que as escolas passaram por obras de adaptação à pandemia, como aumento da ventilação, reforma dos banheiros, instalação de novas torneiras e bebedouros.

Além disso, a Sedu afirma que está estudando a possibilidade de adotar o passaporte da vacina contra o coronavírus para que os alunos tenham acesso às salas de aula. Essa medida já havia sido adiantada pelo Tempo Novo no dia 10 de janeiro.

Na ocasião, a Prefeitura havia informado que, assim que houver disponibilidade de doses para todo o público infantil, a vacina contra a Covid-19 será cobrada para a realização de matrículas. Nesta quarta-feira, a Sedu informou que uma reunião vai acontecer para que o tema seja discutido.

“Haverá uma reunião entre as secretarias de Educação, Administração, Saúde e Procuradoria do município para discutir o passaporte da vacina”, diz o texto da nota.

A Prefeitura da Serra ainda destacou que orientará as Unidades de Ensino da rede municipal a atualizar os Planos Estratégicos de Prevenção e Controle da transmissão da Covid-19; disse ainda que realizará o monitoramento diário de possíveis casos por meio da Plataforma Escola Segura; determinará o cumprimento dos Protocolos Sanitários como uso individual de máscaras, uso de álcool para higienização das mãos, entre outras ações.

Já sobre os alunos com comorbidades que não tenham se vacinado, a Sedu destacou que os pais destes estudantes podem procurar a escola para orientações quanto ao envio de atividades para casa.

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br
Gabriel Almeida é jornalista do Tempo Novo há mais de sete anos. Atualmente, escreve para diversas editorias do jornal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!