• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 41.569 casos
  • 769 mortes
  • 40.206 curados
26.6 C
Serra
sábado, 06 março - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 41.569 casos
  • 769 mortes
  • 40.206 curados

Serra já possui 8.930 moradores infectados e 353 mortos pelo coronavírus

Leia também

Confusão marca registro de chapas para eleição de Federação de Associações de Moradores da Serra

A disputa pelo controle da Federação da Associação de Moradores da Serra (Fams) ganhou mais um capítulo nesta sexta-feira...

Covid-19 | Amigos lamentam morte de médica que atuava em unidades de saúde da Serra

Uma médica que atuava na rede de saúde da Serra faleceu na última quinta-feira  (4), vítima da Covid-19. A...

Motociclista morre ao colidir com poste na rodovia Norte Sul

Um instrutor de auto-escola perdeu a vida num acidente fatal na tarde desta sexta-feira (5), na Serra. O acidente aconteceu...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Em Parque Residencial Laranjeiras, o movimento tem sido cada dia maior após a reabertura do comércio. Foto: Ana Paula Bonelli

A Serra continua sendo a segunda cidade com mais moradores infectados e mortos pelo coronavírus em todo o Espírito Santo. De acordo os últimos dados divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), a cidade já registrou 8.930 casos confirmados, 353 mortes e 7.314 pacientes curados do vírus.

A comunidade que lidera o número de casos confirmados continua sendo Colina de Laranjeiras, que já possui 373 confirmações. Em segundo lugar vem Feu Rosa, com 365. Em seguida vem: Morada de Laranjeiras (322), Jardim Carapina (318), Novo Horizonte (309), Planalto Serrano (264) e Bairro das Laranjeiras (261).

Junto com o crescimento no número de casos confirmados e mortes, vem a diminuição do índice de isolamento social na Serra. Pelas ruas da cidade, o fluxo de pessoas é grande, principalmente nos dias de semana – quando o comércio está aberto. A média da Serra no índice é 44,45. Isso significa que menos da metade da população serrana está respeitando as orientações de isolamento social.

Das Laranjeiras, na região de Jacaraípe, continua sendo a comunidade com o maior número de casos fatais na Serra: 21 mortes. Em segundo lugar, vem Feu Rosa e Vila Nova de Colares, que perderam 18 moradores em cada bairro. Nova Carapina I (17) e Morada de Laranjeiras (14) ocupam o quarto e quinto lugar no triste ranking.

Das mortes na cidade, a grande parte é de idosos ou pessoas com comorbidades, mas também houve registro de moradores mais jovens, com 43 e 45 anos. Nesse caso, sem informações sobre comorbidades. A taxa de letalidade da doença na Serra é de 3,95%. para a doença.

Ainda conforme apurado pelo TEMPO NOVO, no Painel Covid-19 – espaço onde o Estado contabiliza os dados do novo coronavírus – o Espírito Santo tem, no total, 60.009 confirmações, 1.929 mortes e 39.912 curados. 

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Saiba mais
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!