Serra inicia caminho para o hepta contra Real no Klebão

0

Agora é para valer. Na noite desta sexta (01), no primeiro dia de fevereiro, o Serra Futebol Clube vai estrear no Campeonato Capixaba 2019. Atual vencedor da competição, o Cobra Coral luta pelo heptacampeonato. E em seu primeiro jogo, o Tricolor Serrano já vai reeditar a final do ano passado, contra o time do Real Noroeste, às 20h15, no estádio Kleber Andrade em Cariacica. 

Dono do Robertão, o Serra não poderá mandar seu primeiro jogo em casa, por ter perdido um mando de jogo, na Copa Espírito Santo e com isso pagará nesta primeira rodada. Os ingressos serão vendidos a partir das 19h, por R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia), na bilheteria do estádio. 

O confronto será também a estréia do jovem treinador do Serra, Cleiton Marcelino, de 35 anos, que chegou para esta temporada. “A expectativa para este jogo é a melhor possível. Fizemos treinamentos e boa preparação, tivemos um tempo ao meu ponto de vista adequado. Vamos jogar no Kleber Andrade, que tem um bom gramado e vai ajudar a nossa equipe”, avalia.  

Serra inicia caminho para o  hepta contra Real no Klebão
O Serra é o terceiro clube profissional de Cleiton Marcelino. Foto: Divulgação

Marcelino disse que não conhece o time do Real Noroeste, mas não irá abrir mão de partir para cima.  “Como não conhecemos a equipe do Noroeste, estamos fazendo jus ao mando de campo, e temos como meta vencer, apesar de não jogar no Robertão, e vamos impor nosso futebol, é um jogo de velocidade para cima, e temos de avaliar nos primeiros minutos como vai jogar o Noroeste”. 

Se um está estreando, o outro já pode ser quase considerado um “veterano”: o centroavante Rael, xodó da torcida e artilheiro do futebol capixaba em 2018 com 12 gols. “Fizemos uma boa pré-temporada, bons amistosos, estamos com um elenco bem encorpado e unido. Precisamos conseguir essa primeira vitória e emendar uma sequência como no ano passado, para dar mais tranquilidade durante a competição”, analisa.  

Serra inicia caminho para o  hepta contra Real no Klebão
O atacante Rael foi artilheiro de 2018 com 12 gols. Foto: Adriano Barbosa

Nesta primeira rodada, além do jogo entre Serra e Real Noroeste, outros quatro jogos também acontecem. Dois deles já foram realizados na noite da última quinta (31), mas os resultados só foram definidos após o fechamento desta edição, que foram os confrontos entre o Estrela do Norte e Castelo, e o Tupy-ES e a Desportiva. 

Neste sábado (02), também no Kleber Andrade, às 17h, o confronto será entre o Rio Branco e o time do Rio Branco de Venda Nova do Imigrante. E no domingo (03) fecha a primeira rodada o jogo entre o Vitória e o Atlético-ES, no Salvador Costa, às 10h. 

Rio Branco – VN é segundo desafio na próxima quarta 

E já no meio da próxima semana, o Serra entra em campo novamente. Na quarta (06), o Serra vai até Venda Nova do Imigrante enfrentar o time do Rio Branco VN, às 16h. 

Voltando na quarta, no mesmo horário do Serra, o Atlético-ES recebe o Rio Branco, no José Olívio. Às 19h30 o Real Noroeste é o mandante contra o Castelo, e joga em Águia Branca. Fechando a rodada, a Desportiva recebe o Vitória, às 20h15, no estádio Engenheiro Araripe.

Um dia antes, abrindo a rodada o Tupy-ES recebe o Estrela do Norte, no Estádio Engenheiro Araripe, às 20h15.

Copa do Brasil 

Neste dia 13 de fevereiro o Serra duela contra o Remo-PA, pela primeira fase da Copa Do Brasil 2019. O confronto é em jogo único. Se vencer o Serra avança. Empate ou derrota dá a vaga ao azulino paraense.

A questão é que o jogo não tem local definido. A princípio será no Kléber Andrade, mas a diretoria tricolor tenta trazer para o Robertão.  “Teremos até esta sexta (01) para conseguir um laudo para o jogo acontecer no Robertão. Temos todos os alvarás, mas a CBF quer um laudo, e por isso se não conseguirmos o mesmo até esta sexta, teremos de mandar o jogo contra o Remo no estádio Kleber Andrade”, explica o presidente do Serra, João Baptista Piol.  

Confira elenco completo do tricolor para a temporada

Goleiros: Walter e Felipe.

Laterais: Baianinho, Felipe Foca, João Vitor e Pedro Henrique.

Zagueiros:
 Joaquim, Marquinhos, Rodrigo Lacraia e Talys.

Meias:
 Betinho, Caetano, Emílio, Joelson, Diego Noronha, Guilherme Pitty, Igor, Maicon e Matheus do Rosário.

Atacantes:
 Diego Alves, Lessinho, Rael, Rodrigo Pardal e Paulo “Cabeleira”.

Comentários