• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 64.837 casos
  • 1.366 mortes
  • 62.968 curados
11.4 C
Serra
sexta-feira, 25 junho - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 64.837 casos
  • 1.366 mortes
  • 62.968 curados

Serra é a segunda cidade do Brasil em ritmo de queda nos números do coronavírus

Leia também

Câmara aprova prorrogação dos contratos dos professores em designação temporária

Após um intenso debate e com placar apertado de 10 votos favoráveis e 9 contrários, a Câmara da Serra...

Fortlev abre novas vagas de emprego para moradores da Serra

Líder nacional em soluções para armazenamento de água, a Fortlev abriu novas vagas de emprego para moradores da Serra....

Site de vacina da Serra recebeu 4 milhões de acessos simultâneos; número é maior que população do ES

Quatro milhões e 487 mil. Esse é o número de acessos simultâneos que o site da Prefeitura da Serra...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br
Gabriel Almeida é jornalista do Tempo Novo há mais de sete anos. Atualmente, escreve para diversas editorias do jornal.

Jayme dos Santos Neves é um dos hospitais referências para o tratamento do coronavírus. Foto: Arquivo TN

Com uma diminuição nos registros diários de novos casos confirmados do coronavírus, a Serra está em um ritmo de desaceleração da pandemia nesse último mês. Com isso, foi classificada como uma das quatro cidades brasileiras que estão com o número de novos infectados em queda. No total, já são 10.141 moradores contaminados, 414 mortos e 8.398 curados.

A afirmação de que a cidade está entre as quatro brasileiras com o menor número de novos casos no Brasil foi obtida através de um modelo estatístico desenvolvido pelos pesquisadores Renato Vicente e Rodrigo Veiga, da Universidade de São Paulo. Eles se baseiam na evolução dos casos em cada local (cidade, estado, país) e tem como parâmetro um período de 30 dias, com mais peso para o período recente.

Dessa forma, é medida a aceleração da epidemia, ou seja, a forma como o número de novas pessoas infectadas cresce ou diminui. No modelo estatístico, a Serra está classificada como “desaceleração – número de novos casos em queda”. A notícia vem de encontro com as últimas atualizações realizadas pelo Governo do Estado, que afirma que a Grande Vitória está em uma fase de estabilidade, mas isso não significa que todas as atividades podem voltar ao normal.

Diariamente, o TEMPO NOVO publica atualizações sobre os números da Covid-19 na Serra – e também números gerais do ES. Com esses dados, já é possível afirmar uma queda significativa de registros diários nesse mês. A cidade, que antes registrava 12 mortes em um único dia, agora registra duas, três ou quatro óbitos diariamente. O mesmo acontece com os casos confirmados, que antes eram mais de 200 em um único dia e hoje costuma não passar dos 100 diários.

Mas esses dados mudam a cada 24 horas e em alguns dias registram altos números e em outros baixos.  Até a manhã desta quarta-feira (29), a Serra já registrou 10.141 moradores contaminados, 414 mortos e 8.398 curados.

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br
Gabriel Almeida é jornalista do Tempo Novo há mais de sete anos. Atualmente, escreve para diversas editorias do jornal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!