• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 41.410 casos
  • 767 mortes
  • 40.067 curados
30.2 C
Serra
quinta-feira, 04 março - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 41.410 casos
  • 767 mortes
  • 40.067 curados

Serra deve começar a vacinar idosos contra o coronavírus nesta terça, diz prefeitura

Leia também

Vereadores abrem CPI para investigar empresa que fatura milhões explorando área pública de graça

Em conjunto, os 23 vereadores da Serra oficializaram uma Comissão Especial de Inquérito (CEI – que é semelhante a...

Pandemia piorou violência contra mulher, idoso e criança na Serra

Neste terceiro bloco da entrevista concedida ao Tempo Novo na última segunda feira (veja o primeiro e o segundo...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Vacinação de idosos e outras pessoas do grupo prioritário deve começar nesta terça-feira. Foto: Everton Nunes

A Prefeitura da Serra deve iniciar oficialmente a campanha de vacinação contra o coronavírus ainda nesta terça-feira (19). O Município está aguardando que o Governo do Estado entregue as doses destinadas à cidade para que os primeiros idosos e profissionais de saúde sejam contemplados com a Coronavac, imunizante produzido pelo Butantan em parceria com laboratório Chinês, e comprado pelo Ministério da Saúde para todo o Brasil.

Nesta segunda-feira (18), a Secretaria de Estado da Saúde vacinou a primeira capixaba contra o coronavírus. Iolanda Brito é moradora da Serra e trabalha há oito anos no Hospital Estadual Dr. Jayme dos Santos Neves. No entanto, esse evento foi o início da campanha estadual e não municipal. Agora, a Secretaria Municipal de Saúde irá receber doses – quantidade em torno de 3,5 mil – e irá começar a aplicá-las em lar de idosos e outros profissionais de saúde.

A prefeitura ainda não sabe em qual horário irá receber as vacinas, mas isso deve ocorrer até o final desta terça. A previsão é que assim que o Município comece a vacinar assim que as doses já estiveram em mãos. De acordo com a secretária de Saúde, Sheila Cruz, os primeiros a serem contemplados serão idosos acima de 60 anos que vivem em instituições de longa permanência e profissionais de saúde que estão na linha de frente em atendimentos da doença.

“Inicialmente iremos trabalhar com alguns grupos prioritários para dar início ao processo de vacinação. Seriam a pessoas de 60 anos ou mais institucionalizadas, aquelas que estão em alguma instituição de longa permanência. Além deles, os deficientes que também estão nesses locais. No caso dos trabalhadores da saúde, são os que estão na linha de frente. Que estão trabalhando em hospitais”, disse a secretária em conversa com o TEMPO NOVO.

Sheila ainda disse que só para os idosos institucionalizados seriam necessários cerca de três mil doses. Até a finalização deste texto, o Município ainda não havia sido informado sobre a quantidade exata de vacinas que seriam enviadas pelo Estado, mas em conversa com a reportagem, o prefeito da Serra, Sergio Vidigal, afirmou que o município deve receber cerca de 3,5 mil vacinas. Número menor do que Vitória onde, por exemplo, foram recebidas 4.769 doses. Vale lembrar que a Serra é a cidade mais populosa do ES.

Segunda etapa

Idosos e outras pessoas que fazem parte do grupo de risco, mas não estão em casas de longa permanência e atuando nos hospitais, serão vacinados somente na segunda etapa, que ainda não tem previsão para ser iniciada. Para essa nova fase, a Prefeitura da Serra vai imunizar os moradores em 38 unidades de saúde, além de utilizar outros pontos estratégicos, que ainda serão definidos.

De acordo com secretária de Saúde, o Município pretende utilizar a marcação de consultas on-line para a segunda etapa. “Tendo o número de doses em suficiência para o público da segunda etapa temos o planejamento da vacinação ocorrer nas unidades básicas de saúde e possivelmente em alguns locais estratégicos para a gente evitar aglomerações. Também estamos trabalhando para o agendamento on-line ocorrer”, disse Sheila.

Sobre o aplicativo para agendamento, a secretária acrescentou que o sistema será de forma híbrida. “Queremos utilizar também ferramentas tecnológicas para as pessoas que tem acesso ao serviço. Nós vamos fazer um sistema hibrido. Um sistema onde aquelas que não têm condições de utilizar a tecnologia poderão procurar a unidade de saúde e poder ter a aplicação de vacina”, enumerou.

Por meio de nota, a Prefeitura da Serra confirmou que ainda não recebeu as doses do Governo do Estado e disse que a campanha de vacinação no município teve início nesta segunda-feira (18) em evento simbólico, que aconteceu no hospital Estadual Dr. Jayme dos Santos Neves. “É necessário ressaltar que toda a distribuição da quantidade de doses para cada município está sendo feita pelo Governo do Estado”, diz o texto.

O Município ainda destacou que, neste primeiro momento, as doses recebidas pela Sesa serão utilizadas para vacinação em idosos que vivem em instituições de longa permanência e para os trabalhadores de saúde de hospitais de setores de atendimento direto à Covid-19, como urgência e emergência e unidade de terapia intensiva.

“Na medida em que novo quantitativo de doses forem chegando do Governo do Estado, a Sesa irá ampliando a vacinação dos grupos prioritários que estão determinados pelo Ministério da Saúde”, finalizou o Município na nota.

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Saiba mais
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!