24.8 C
Serra
domingo, 12 de julho de 2020

Serra de olho na lama de minério que vai cair no mar

Leia também

Serra ultrapassa 9 mil casos confirmados e já possui 358 mortes causadas pela Covid-19

Seguindo na vice-liderança de casos confirmados de coronavírus no Espírito Santo, a Serra já ultrapassou a triste marca de...

Prefeitura abre vacinação contra gripe para todos os moradores da Serra

Após finalizar a campanha de vacinação contra a gripe Influenza, a Secretaria Municipal de Saúde ampliou a imunização para...

Empresa de segurança que aluga cães é denunciada por abandono na Serra

Após receber denúncias de abandono de animais de propriedade de uma empresa de segurança que trabalha com aluguel de...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Aspecto do rio Doce na tarde de ontem (18) em Baixo Guandu. Foto: Divulgação/Prefeitura de Baixo Guandu
Aspecto do rio Doce na tarde de ontem (18) em Baixo Guandu. Foto: Divulgação/Prefeitura de Baixo Guandu

Temendo os efeitos negativos na vida marinha e na pesca em seus litoral a Prefeitura da Serra está de olho no avanço da lama de minério que desce pelo rio Doce e deve chegar ao mar nos próximos dias.

Por meio da Secretaria de Meio Ambiente da Serra (Semma), o município está monitorando junto aos órgãos ambientais estadual e federal a questão do avanço da lama.

Nesta sexta-feira (20), às 14h, a secretária de Meio Ambiente da Serra, Andreia Carvalho, participará de uma reunião com o Instituto Estadual de Meio Ambiente e de Recursos Hídricos (Iema) e representantes de outros municípios potencialmente envolvidos com a eventual contaminação decorrente da chegada de rejeitos ao mar do Espírito Santo.

Outra iniciativa neste sentido é uma reunião a ser realizada pelas Secretarias Municipais de Meio Ambiente (Semma) e a de Agricultura, Agroturismo, Aquicultura e Pesca (Seap) da Serra com os membros do Comitê da Pesca, que reúne as associações de pescadores do município.

Segundo a secretária a previsão é que esta reunião aconteça na próxima quarta-feira (25) e tem como objetivo tratar dos possíveis impactos na zona costeira capixaba.

Universidade

A Semma conta ainda com uma profissional oceanógrafa que participará de uma reunião nesta quinta-feira (19), na Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) para tratar do mesmo tema.

 

 

Comentários

Mais notícias

Prefeitura abre vacinação contra gripe para todos os moradores da Serra

Após finalizar a campanha de vacinação contra a gripe Influenza, a Secretaria Municipal de Saúde ampliou a imunização para todos os moradores da Serra. ...

Empresa de segurança que aluga cães é denunciada por abandono na Serra

Após receber denúncias de abandono de animais de propriedade de uma empresa de segurança que trabalha com aluguel de cães de raça, localizada no...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!