Saída de profissionais do Mais Médicos não prejudicou atendimento na Serra, diz Prefeitura

0
Saída de profissionais do Mais Médicos não prejudicou atendimento na Serra, diz Prefeitura
No mês de abril, pelo menos 18 médicos do programa nacional deixaram de atender em unidades de saúde da Serra. Foto: Divulgação

Mesmo com constantes reclamações sobre o atendimento médico na Serra e com a perda de 18 profissionais do programa Mais Médicos, a Prefeitura da Serra garante que o atendimento não está sendo prejudicado. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, a Serra está em “constante contratação de profissionais médicos” e que nenhuma Unidade de Saúde foi afetada com a saída deles.

No mês de abril, pelo menos 18 médicos do programa nacional deixaram de atender em unidades de saúde da Serra. Eles foram contratados pelo Governo Federal para suprir a perda dos profissionais cubanos que faziam parte do programa, mas deixaram o país após Cuba não renovar o acordo por conta de declarações polêmicas do presidente Jair Bolsonaro.

Antes da quebra do convênio, eram 33 médicos cubanos. O Ministério da Saúde chegou a repor 30 profissionais do Mais Médicos, só que eles saíram e até agora o Governo Federal não enviou outros para assumir as vagas.

Mas, mesmo com a perda, secretário de saúde da Serra, Alexandre Viana, disse que nenhuma Unidade de Saúde do município teve problemas com a saída dos médicos. “Realocamos os profissionais”, afirmou o secretário. Alexandre ainda disse que as Unidades de Pronto Atendimento (Upa) também não foram afetadas, já que “os médicos da Upa não são vinculados ao programa”.

Questionado se o Município teve dificuldades para cobrir a falta dos profissionais, Alexandre disse que a demanda está regularizada. “Inicialmente sim (tivemos), mas com muito esforço estamos regularizando a demanda”, disse.

Moradora de Cantinho do Céu, Margarida Francisca afirma que encontra dificuldades para se consultar na unidade de saúde de José de Anchieta, que atende sua região. “Não sei o motivo, mas vejo que faltam médicos nesse postinho. Era apenas um doutor para cobrir todos os pacientes, aí demora demais para atender e nós temos que ficar esperando”, reclama.

Comentários