30.4 C
Serra
quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020

Restinga da praia de Nova Almeida vira depósito de entulho

Leia também

EDP anuncia falta de energia em bairros da Serra nesta quinta e sexta

Durante esta semana, muitas comunidades da Serra ficarão sem energia por um determinado período. Isso porque a EDP Espírito...

Festa carnavalesca vai misturar samba, marchinha e eletrônica em Manguinhos

Quer curtir um Carnaval diferente? Em Manguinhos vai ter samba, marchinha e um atrativo a mais que é a...

Está procurando emprego? 155 vagas de trabalho estão abertas na Serra

A quarta-feira (19) está recheada de oportunidades de trabalho. No Sine da Serra, estão abertas 155 vagas de emprego...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

A restinga é Área de Proteção Permanente (APP) e sua degradação é crime ambiental. Foto: Divulgação leitor

Jogar entulho ou lixo em restinga é crime ambiental, assim como desmatar a vegetação que possui papel fundamental na proteção de áreas próximas as praias.

Mas em Nova Almeida, parece que esta agravante não está sendo levada a sério. É o que denuncia o morador, Altamir Bermudes.

A restinga é um rico ambiente com fauna e flora própria e variada e protege quando a maré sobe e evita que avance sobre as casas, segura uma grande parcela da areia da praia levada pelos ventos. Por isso é Área de Preservação Permanente (APP) e sua degradação configura crime ambiental conforme a lei federal Lei 9.605/98.

O leitor do TEMPO NOVO enviou um vídeo que mostra restos de construção civil sendo depositados a dezoito passos da água do mar e em cima da restinga. O problema acontece atrás da área que fica próximo ao Hotel Praia Sol.

“E é morador que faz isso. A Prefeitura tem que fiscalizar. É resto de obra, entulho. Não pode um negócio desses. É crime ambiental, tem que multar, porque isso é um absurdo. Vivemos numa área turística, muita gente vem visitar nossa praia. São pessoas esclarecidas que estão fazendo. É um absurdo”, reclama o morador.

A reportagem entrou em contato com a Prefeitura da Serra no início desta semana, na terça-feira (24) e assim que a demanda for respondida será publicada neste espaço.

Comentários

Mais notícias

Festa carnavalesca vai misturar samba, marchinha e eletrônica em Manguinhos

Quer curtir um Carnaval diferente? Em Manguinhos vai ter samba, marchinha e um atrativo a mais que é a música eletrônica, e claro, a...

Está procurando emprego? 155 vagas de trabalho estão abertas na Serra

A quarta-feira (19) está recheada de oportunidades de trabalho. No Sine da Serra, estão abertas 155 vagas de emprego para diversos cargos. As chances...

Jovens entram na corrida pela Câmara da Serra em 2020

Motivados e com disposição para novos desafios. Lideranças jovens da Serra estão atentas à movimentação das raposas politicas, e prometem dar trabalho nas eleições...

Projeto social abre filial em Castelândia e procura professor de violão voluntário

O projeto Restauração de Vida, que teve início no bairro Santa Rita, que fica próximo a Serra Dourada, está tomando força e terá uma...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!
Precisa falar com o Tempo Novo? Envie sua mensagem