21.8 C
Serra
quarta-feira, 20 de novembro de 2019

Real é último obstáculo para Serra voltar ao Brasileirão

Leia também

Serranos participam de seletiva de Vôlei Adaptado em Vitória

Eles têm 50, 60 e até 70 anos, mas, com uma vitalidade de dar inveja em muito marmanjo por...

Ministério público pede perda de mandato e de direitos políticos para Geraldinho Feu Rosa

Vereador de primeiro mandato, Geraldinho pode ter que ficar cinco anos sem disputar as eleições

Erick Musso escreve um ciclo de independência da Assembleia e responsabilidade com o ES

Artigo de Opinião do Jornal Tempo Novo   Em meio a uma articulação para antecipar a eleição da mesa diretora, o...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

O jogo de ida contra o Real Noroeste aconteceu na última sexta (25), no Robertão. Foto: Rafael Chaves

A classificação do Vitória para a final da Copa ES deixou o Serra a um passo de disputar a Série D do Brasileirão de 2020. Para isso, o Cobra Coral terá que mostrar sua força diante do Real Noroeste neste sábado (2). O jogo, o segundo duelo na semifinal, será disputado às 15h na casa do adversário, em Águia Branca.

O primeiro confronto do duelo ficou no 0 a 0, em partida jogada na última sexta-feira à noite (25), no Robertão. Diferente das quartas de final, quando o time de melhor campanha tinha vantagem de dois resultados iguais, desta vez, se acontecer um novo empate, a disputa vai para os pênaltis.

Quem passar vai enfrentar o Vitória na final e, de quebra, já garante passaporte para disputar o Brasileirão da Série D no ano que vem. Isso porque o Alvianil de Bento Ferreira já tem vaga garantida por ter vencido o Capixabão no 1º semestre.

A única ressalva é que o segundo representante capixaba que saíra da Copa ES pode ter que disputar uma eliminatória antes da fase de grupos do Brasileirão por conta de mudanças feitas pela CBF.

Para o TEMPO NOVO, o técnico do Serra, Charles de Almeida, disse o tricolor serrano treinou durante toda a semana para lutar pela vaga na final. “Sabemos da dificuldade, sabemos que o Real tem uma grande equipe, que vem trabalhando a mais tempo , vem com elenco maior do que o Serra. Nossa equipe é mesclada com jogadores do Junior e o Vitória e o Real são as equipes mais fortes em função do planejamento, como vem mostrando em competições nacionais. Mas o Serra está confiante, nós trabalhamos a semana toda focados em questões como a atenção, o não relaxamento dentro do jogo. Sabemos que pode ser decidido em detalhes, em pênaltis. O Serra corre por fora, com muito trabalho e a gente chegou as semifinais e vamos tentar de todas as formas tirar essa possibilidade do Real para a gente ir para a final. É muito importante isso para o Serra. Nós entramos com a proposta da direção de usar a Copa ES como laboratório e o mais importante é que nós chegamos e quem sabe dentro desse planejamento ir para a final que é nosso objetivo maior. O Serra tem camisa, tem força para isso e acredito que vai ser decidido realmente depois do apito final. Vai vencer aquele que errar menos neste jogo tão importante”.

Nas semifinais da Copa ES, não existe vantagem, após o empate no jogo de ida, quem vencer a partida garante a vaga na decisão do campeonato. Em caso de novo empate, a disputa vai para os pênaltis.

Clássico da mulherada

Neste sábado (2), tem clássico na cidade pelo Capixabão de Futebol Feminino. O time do Feu Rosa vai encarar o Serra F.C, às 20h, no campo do Planalto Serrano, Bloco A. As duas equipes vêm de derrota na última rodada do campeonato. O Serra perdeu para o Vila Nova por 4 a 0 e o Feu Rosa levou de 6 a 4 do Vilavelhense. Somente a vitória interessa a ambos os times. Para assistir aos jogos femininos, a entrada é gratuita.

 

Comentários

Mais notícias

Ministério público pede perda de mandato e de direitos políticos para Geraldinho Feu Rosa

Vereador de primeiro mandato, Geraldinho pode ter que ficar cinco anos sem disputar as eleições

Erick Musso escreve um ciclo de independência da Assembleia e responsabilidade com o ES

Artigo de Opinião do Jornal Tempo Novo   Em meio a uma articulação para antecipar a eleição da mesa diretora, o presidente da Assembleia Legislativa, Erick...

Rotina: jovem é assaltada na Serra às 4h da manhã indo trabalhar

https://youtu.be/Lo_QtrFaxyg Assaltos a pontos de ônibus e a qualquer hora do dia. Quem mora em Nova Carapina II está tendo que conviver com este problema...

Onda de roubos e arrombamentos deixa Manguinhos aterrorizado

A comunidade de Manguinhos está aterrorizada. Isto porque somente de março a novembro já foram mais de quarenta casas e comércios arrombados na vila...

Você também pode ler

Comentários
javascript:void(0)
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!