25.2 C
Serra
sexta-feira, 18 de setembro de 2020

Queda de produção na Vale reduz desempenho da indústria capixaba, diz dirigente

Leia também

Bruno Lamas e Guilherme Lima formam chapa puro sangue rumo a disputa pela prefeitura

O deputado estadual Bruno Lamas (PSB) definiu uma chapa puro-sangue para a disputa da Prefeitura da Serra. O nome...

Vândalos destroem horta e jardim de unidade de saúde da Serra

Funcionários da unidade de saúde de Jardim Tropical, na Serra, tomaram um susto ao chegar ao trabalho hoje (18)...

Médico do Jayme e morador de Jacaraípe, dr. Afonso Pimenta é o vice de Vandinho

Com 27 anos de profissão dedicados aos serranos, cirurgião quer ajudar a melhorar o sistema de saúde da cidade. O...
Bruno Lyrahttps://www.portaltemponovo.com.br
Repórter do Tempo Novo há mais de 10 anos, Bruno Lyra escreve para diversas editorias do portal, principalmente Economia e Meio Ambiente, das quais é o responsável.

O rompimento da barragem de Brumadinho – MG em janeiro, levou ao fechamento de lavras que abasteciam o Complexo de Tubarão. Foto: Divulgação Vale

A queda na produção de minério da Vale decorrente do rompimento da barragem em Brumadinho – MG em janeiro e do fechamento de diversas outras em função da revisão de protocolos de segurança, segue atingindo a produção industrial capixaba.

A afirmação foi feita na última quarta-feira (27) pelo presidente da Federação das Indústrias do ES (Findes), Léo de Castro. O dirigente, que também é dono de uma fábrica de plásticos na Serra, disse que o desempenho da indústria capixaba este ano, até agora, é inferior ao verificado em 2018.

“Quando a gente vê a produção física da indústria capixaba, nos damos com números piores que os de 2018 e um dos fatores principais está neste acidente que aconteceu em Brumadinho, que naturalmente está impactando todo esse complexo siderúrgico e de pelotização. Mas a Vale reagiu bem, tomou as medidas necessárias no que diz respeito à segurança da atividade industrial e da população e está num rump up para a gente retomar níveis de produção normais.”, explica Léo de Castro.

Comentários

Bruno Lyrahttps://www.portaltemponovo.com.br
Repórter do Tempo Novo há mais de 10 anos, Bruno Lyra escreve para diversas editorias do portal, principalmente Economia e Meio Ambiente, das quais é o responsável.

Mais notícias

Vândalos destroem horta e jardim de unidade de saúde da Serra

Funcionários da unidade de saúde de Jardim Tropical, na Serra, tomaram um susto ao chegar ao trabalho hoje (18) pela manhã. É que a horta...

Médico do Jayme e morador de Jacaraípe, dr. Afonso Pimenta é o vice de Vandinho

Com 27 anos de profissão dedicados aos serranos, cirurgião quer ajudar a melhorar o sistema de saúde da cidade. O médico cirurgião Afonso Carlos Vanzo...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!