22.3 C
Serra
segunda-feira, 03 de agosto de 2020

Mesmo com Prefeitura fiscalizando, queima de pneus continua e segue incomodando moradores

Leia também

Opinião: Mulheres na política em busca de representatividade

ARTIGO DE OPINIÃO DE AUTORIA DE ALEXSANDRA VERTUANI A luta pelos direitos das mulheres vem progredindo não só no Brasil,...

Bruno Lamas afasta dúvidas e garante que vai disputar a Prefeitura da Serra

O deputado estadual Bruno Lamas (PSB) garantiu que a sua decisão de disputar a Prefeitura da Serra no próximo...

Vale promove testagem em massa no Pará, porque não fazer na Grande Vitória também?

Uma ação da Vale realizada na cidade de Parauapebas, no sudeste do Pará, está entre as iniciativas sociais mais...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Fumaça de queima de pneus na manhã da quarta (8), às 7h15. Foto: Divulgação

Um problema que está se tornando crônico na região de Feu Rosa e uma parte de Portal de Jacaraípe é a fumaça gerada pela insistente queima de pneus. Segundo moradores, a situação tem acontecido diariamente em um terreno próximo as residências dos bairros, principalmente pela manhã e no final da tarde.

O polo Cercado da Pedra é uma área para instalação de empresas que tem acesso via Talma Rodrigues Ribeiro, vindo de Feu Rosa para o Hospital Dório Silva, ao lado do muro, de início da Fortlev.

A denúncia é de um morador que não quis se identificar que disse que a queima dos pneus acontece todos os dias no final da tarde num terreno que fica no polo Cercado da Pedra, que fica no entorno do Civit II.

“As vezes a queima acontece pela manhã também e incomoda demais, pois a fumaça é densa e acaba gerando problemas respiratórios para quem tem crianças asmáticas. Se fosse algo ocasional, mas é todo santo dia e tem gerado muitos transtornos”, denuncia o morador do condomínio Boulevard Lagoa.

O TEMPO NOVO chegou a denunciar a situação em maio. Na ocasião, a Prefeitura da Serra disse que uma equipe de fiscalização vai ao local averiguar a denúncia.

Novamente, a Prefeitura foi procurada para falar sobre o assunto e disse que a Fiscalização da Secretaria de Meio Ambiente (Semma) já realizou cinco fiscalizações na área, com objetivo de flagrar o responsável pela queima dos resíduos. Por não cercar e não zelar pela propriedade, dando margem para a queima de resíduos no local, o dono do imóvel e o concessionário foram multados em R$  90.015,00 e R$ 30.000,00, respectivamente.

Comentários

Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Mais notícias

Bruno Lamas afasta dúvidas e garante que vai disputar a Prefeitura da Serra

O deputado estadual Bruno Lamas (PSB) garantiu que a sua decisão de disputar a Prefeitura da Serra no próximo dia 15 de novembro não...

Vale promove testagem em massa no Pará, porque não fazer na Grande Vitória também?

Uma ação da Vale realizada na cidade de Parauapebas, no sudeste do Pará, está entre as iniciativas sociais mais bem sucedidas na luta contra...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!