25 C
Serra
quarta-feira, 02 de dezembro de 2020

Praia da Serra que três crianças e jovem se afogaram estava sem guarda-vidas

Leia também

Serra poderá ganhar mais uma vaga na Assembleia Legislativa

O resultado da eleição 2020 impactou na composição da Assembleia Legislativa. E com as mudanças a Serra pode alcançar...

Habilitações vencidas em 2020 terão um ano a mais de validade

Está em vigor, a partir de hoje (1º), a resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) que restabelece os prazos...

Matrículas abertas para novos alunos em creches da Serra

A pandemia causada pelo coronavírus fez com que todas as cidades brasileiras suspendessem as aulas presenciais. Mesmo assim, as...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Afogamentos ocorreram em Bicanga neste domingo. Foto: Divulgação

Apesar dos balneários estarem lotados de pessoas durante o fim de semana, a Serra está com um número reduzido de guarda-vidas. Neste domingo (16), três crianças e um jovem se afogaram na praia de Bicanga, na Serra, e o local não tinha nenhum profissional contratado pela Prefeitura da Serra para atender a ocorrência. Por pouco, o caso não foi fatal, mas os banhistas foram socorridos por populares e atendidos pelo Corpo de Bombeiros.

Ao TEMPO NOVO, a Prefeitura da Serra confirmou que não havia nenhum guarda-vidas em Bicanga no fim da manhã de ontem. Disse ainda que os profissionais estavam atuando em Jacaraípe para orientar a população sobre o cumprimento de distanciamento social. De acordo com o Município, devido à pandemia e ao inverno, houve uma redução na equipe de guarda-vidas, que ficou restrita aos profissionais efetivos da Prefeitura.

Disse ainda que o município está elaborando um processo para contratação de guarda-vidas temporários, a fim de reformar a fiscalização nas praias da Serra. “Mesmo com efetivo reduzido durante a pandemia, foram feitas neste ano mais de 1.600 abordagens, entre orientações a banhistas e ações de conscientização pelo distanciamento social na pandemia”, destacou em nota.

Vale lembrar que em março deste ano um grupo de salva-vidas que atua nas praias da Serra fez um ato em frente ao Pró – Cidadão em Portal de Jacaraípe. Na ocasião, os guarda-vidas reivindicaram a manutenção do contrato de trabalho, pois a Prefeitura da Serra demitiu os profissionais alegando interdição das praias por conta da pandemia.

Nas redes sociais, internautas cobraram mais profissionais nas praias. “Sei que estamos numa pandemia, mas se o povo está indo para as praias, precisamos de gente para vigiar, se não muita gente vai acabar morrendo afogada”, disse a leitora Gizele Souza.

Afogamento em Bicanga neste domingo

Banhistas que estavam frequentando a praia de Bicanga, na Serra, durante este domingo (16) viveram momentos de pânico. Acontece que três crianças e um adulto precisaram ser socorridos por populares e encaminhadas para um hospital pelo Corpo de Bombeiros após se afogarem no mar do balneário. Tudo aconteceu no final da manhã e causou um grande tumulto na praia.

Ao TEMPO NOVO, o Corpo de Bombeiros confirmou a ocorrência e disse que foi acionado por volta das 11h30 deste domingo para socorrer vítimas de afogamento na praia. No local foi constatado que três pessoas haviam se afogado, sendo duas crianças de 09 e 10 anos e um adulto de 23 anos. A criança de 9 anos conseguiu sair do mar, pois estava próximo a areia.

Populares retiraram o rapaz de 23 anos e a criança de 10 anos, que estava inconsciente. De acordo com os Bombeiros,  a criança  de 10 anos foi reanimada e, em seguida, levada para atendimento médico por uma ambulância do Samu. Já a criança de 09 anos e o rapaz foram levados para atendimento médico pela ambulância do Corpo de Bombeiros, pois estavam debilitados.

Após isso, os banhistas que estavam no local informaram que poderia haver mais uma pessoa no mar, pois avistaram um possível corpo se mexendo. Uma equipe do Corpo dos Bombeiros realizou buscas no local, mas contatou que tratava-se de uma tartaruga que estava morta. Sobre as crianças, não há informações se estavam ou não acompanhados de pais ou responsáveis.

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Audifômetro: faltam 30 dias para o fim do governo Audifax na Serra
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!