25.1 C
Serra
quarta-feira, 23 de setembro de 2020

Poste pode cair de ribanceira e atingir casas na Serra, denunciam moradores

Leia também

Após forte chuva, bairros da Serra ficam sem energia

Após a chegada das chuvas intensas que estavam previstas para esta terça-feira (22), as comunidades de Valparaíso e Serra...

CPF do estudante passa a ser obrigatório para matrícula na rede pública de ensino

A Secretaria da Educação (Sedu) passou a estabelecer, a obrigatoriedade de registro do número do Cadastro Nacional de Pessoas...

Polícia prende criminosos com metralhadora e drogas na Serra

A noite da última segunda-feira (21) terminou com apreensão de drogas, metralhadoras e prisão de criminosos na Serra. Tudo...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

O poste fica em cima de uma ribanceira na comunidade de José de Anchieta. Foto: Andressa Rissari

Um problema antigo tem tirado o sono de moradores de José de Anchieta II, na Serra. Trata-se de um poste que fica em cima de uma ribanceira, e segundo a comunidade, pode cair a qualquer momento e atingir residências que ficam logo abaixo. A estrutura é de responsabilidade da EDP Espírito Santo que promete “tomar as medidas cabíveis”.

Foto mais próxima mostra parte de ribanceira de desabou. Foto: Andressa Rissari

O equipamento recebe fios de alta tensão da concessionária. De acordo com os moradores, a empresa já foi alertada diversas vezes que o poste está prestes a cair. “Nós já ligamos para a EDP, mas nada é feito. Precisamos de uma solução. A minha residência fica numa rua próxima ao barranco e se esse poste deslizar, tem uma chance de atingir minha casa”, denuncia Dório Ribeiro.

Outra moradora que também reclama do problema é Tatiane Souza. Ela passa pelo local todos os dias para ir trabalhar e afirma que tem medo. “Morro de medo de passar naquela rua. É só olhar que você consegue ver que o poste pode cair a qualquer momento. Sempre que chove um pouco de terra se solta. E se um dia, o poste vir junto? O que iremos fazer?”, questiona a popular.

A estrutura da EDP fica em cima de uma ribanceira situada na rua Santa Luzia, em José de Anchieta II.

Histórico de desabamentos…

Em maio deste ano, ribanceira desabou e interditou uma rua. Foto: Andressa Rissari

O TEMPO NOVO já noticiou algumas vezes sobre deslizamentos que aconteceram nesta ribanceira citada pelos moradores. Um deles ocorreu neste ano: em 18 de maio. Uma grande quantidade de terra se soltou e interditou arua Santa Luzia. Para piorar,parte do barranco que se soltou fica bem próxima ao poste que, segundo a comunidade, sofre risco de desabar.

EDP vai realizar inspeção e promete adotar as “medidas cabíveis”

A reportagem entrou em contato com a EDP Espírito Santo para ter um posicionamento da empresa sobre o problema. Segundo a concessionária, uma equipe vai realizar uma inspeção no local e irá tomar as “medidas cabíveis”. O TEMPO NOVO questionou se o poste sofre risco de cair, mas a empresa não respondeu a pergunta.

Comentários

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Mais notícias

CPF do estudante passa a ser obrigatório para matrícula na rede pública de ensino

A Secretaria da Educação (Sedu) passou a estabelecer, a obrigatoriedade de registro do número do Cadastro Nacional de Pessoas Físicas (CPF) do estudante, junto...

Polícia prende criminosos com metralhadora e drogas na Serra

A noite da última segunda-feira (21) terminou com apreensão de drogas, metralhadoras e prisão de criminosos na Serra. Tudo começou quando policiais militares do...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!