24.8 C
Serra
quinta-feira, 13 de agosto de 2020

Petrobras diz que vai investir R$ 30 bi no ES

Leia também

Ao custo de R$ 7 milhões, prefeitura deve entregar revitalização de Serra Sede em setembro

Com a promessa de atrair novos turistas e movimentar a economia local, a Prefeitura da Serra deve entregar em...

Reforma da Abdo Saad começa este ano, diz Governo

O governo do Estado anunciou na manhã desta quinta feira (13) o lançamento do edital para a contratação da...

Com 104 novos moradores infectados em 24h, Serra já registra 12.337 casos de coronavírus

Sendo a terceira cidade com mais casos confirmados de coronavírus no Espírito Santo, a Serra já ultrapassou a triste...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

 

Plataforma de extração em águas capixabas: esperança para a retomada da economia local após paralisação da Samarco. Foto: Divulgação

Clarice Poltronieri

No início da semana a Petrobras anunciou que trará novas operações para o estado. Em reunião com o Governo do Estado, foi discutido o modelo para criação de uma empresa estatal de economia mista responsável pela distribuição de gás no território capixaba.

O secretário de Estado de Desenvolvimento, José Eduardo Azevedo, disse que o Espírito Santo deve receber cerca de R$ 30 bilhões em investimentos da Petrobras até 2021. “Nosso objetivo é garantir que esses investimentos movimentem a cadeia de fornecedores locais, gerando emprego e renda para os capixabas”, frisa.

E o anúncio pode beneficiar muito a economia serrana. De acordo com o secretário de Desenvolvimento da Serra, Paulo Meneguelli, haverá uma reunião com diretores da empresa na próxima quarta (13) para se obter mais informações sobre os investimentos na Serra.

“Ainda não temos detalhes, mas na quarta saberemos melhor na reunião. Todo investimento tem uma cadeia de bons negócios. Pode ser que o centro de distribuição seja atingido com ampliação. A expectativa é essa, mas não temos essa certeza e nem previsão”, pontua.

O Centro de Distribuição da Petrobrás situado no Terminal Industrial Multimodal da Serra (TIMS) hoje opera em um espaço de 20 mil m² com 50 funcionários, mas já ocupou 230 mil m² com 700 funcionários, antes de ter tido parte transferida para Macaé, no Rio de Janeiro.

Realizada em 2016, a transferência da unidade de equipamento para extração de petróleo no mar foi responsável pela perda de mais de mil postos de trabalhos diretos e indiretos, trazendo impactos negativos para a economia da cidade.

A reportagem entrou em contato com a Petrobras para saber mais detalhes sobre os investimentos no Estado e na Serra, mas a assessoria de imprensa da empresa não deu retorno até o encerramento desta edição, às 18h da última quarta-feira (06).

Em relação aos royalties da extração de petróleo, o município recebeu R$ 18,6 milhões ano passado e tem uma expectativa de arrecadar R$ 25 milhões em 2017. As informações são do secretário municipal da Fazenda, Cláudio Mello.

 

Comentários

Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Mais notícias

Reforma da Abdo Saad começa este ano, diz Governo

O governo do Estado anunciou na manhã desta quinta feira (13) o lançamento do edital para a contratação da empreiteira que irá reformar a...

Com 104 novos moradores infectados em 24h, Serra já registra 12.337 casos de coronavírus

Sendo a terceira cidade com mais casos confirmados de coronavírus no Espírito Santo, a Serra já ultrapassou a triste marca de 12.300 moradores infectados...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!