30.6 C
Serra
terça-feira, 10 de dezembro de 2019

Padaria fica sem energia há mais de 15 dias e dona reclama da EDP

Leia também

Banda Volave vai dar o tom do ano novo no Espaço Marbella com bebida e comida liberadas

    A banda Volave, de Chácara Parreiral voltou com força total para o cenário musical neste final de ano. O projeto...

Crianças colocam fogo em decoração de Natal do Parque da Cidade

Um ato de vandalismo chamou atenção de quem passava pelo Parque da Cidade na manhã desta terça-feira (10). Trata-se...

Depressão: Cães e gatos também sofrem com a doença

O Brasil é o país mais deprimido da América Latina, são quase 12 milhões de brasileiros sofrendo com a...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Ana disse que fez a troca de padrão exigido e acionou a EDP na Justiça. Foto: Fábio Barcelos

Uma padaria em Feu Rosa está iluminada à luz de velas há mais de quinze dias. Isto porque, segundo a proprietária do estabelecimento, uma empreiteira da EDP Escelsa desligou a energia do comércio durante uma ação de manutenção programada no bairro e desde então, a padaria Sabor de Mel, na rua das Dálias, está sem poder trabalhar.

A proprietária do comércio, Ana Karoline Rodrigues dos Santos, disse que está sem o serviço começou a ficar prejudicado em 26 de outubro quando foi realizada a retirada dos cabos de energia da padaria durante manutenção programada. Segundo a empresária, a retirada foi feita sem nenhum tipo de comunicação.

Desde então vem fazendo pedidos de religamento e resolução da situação junto à EDP por meio de atendimento eletrônico. “Tenho muitos protocolos de atendimento. Houve corte parcial de energia a partir do dia 26, quando já não dava mais para ligar os freezers. Antes do dia 29, pelo menos as lâmpadas ligavam, depois disso desligaram tudo de vez. Estou com uma ação judicial contra empresa e mesmo assim está difícil resolver a situação. Nossas contas estão pagas. Temos apenas uma que venceu no dia 31/10 que não conseguimos pagar ainda. Na ação judicial já foram emitidos dois mandados para que a empresa resolva nosso problema e nada até agora”, reclama Ana.

Segundo ela, a alegação da EDP é de que o padrão da padaria está errado. Mas porque foram falar isso só agora depois desse erro? Sendo que tem nove anos que funciona uma padaria aqui? Estamos passando por sérios constrangimentos com clientes e funcionários. Nosso prejuízo vai muito além do financeiro, que já está altíssimo, afinal são mais de quinze dias sem poder trabalhar. Fora isso, tem os danos morais causados por toda essa situação, que são imensuráveis.Já comprei e instalei o padrão novo que foi pedido”, observa.

Em nota a EDP informou que foi detectado um aumento de carga à revelia na referida unidade consumidora. Por questões de segurança, tanto para o cliente quanto para a comunidade ao seu entorno, e conforme a norma técnica da Distribuidora o cliente foi orientado oficialmente para realizar as adequações necessárias no seu padrão. Como o pedido não foi atendido dentro do prazo, o fornecimento de energia foi suspenso.

Assim que realizar as adequações de acordo com a norma, o cliente deve solicitar a ligação da energia para a Distribuidora, que efetuará uma inspeção e se modificações forem atendidas efetuará a ligação da energia.

Comentários

Mais notícias

Crianças colocam fogo em decoração de Natal do Parque da Cidade

Um ato de vandalismo chamou atenção de quem passava pelo Parque da Cidade na manhã desta terça-feira (10). Trata-se de um Papai Noel de...

Depressão: Cães e gatos também sofrem com a doença

O Brasil é o país mais deprimido da América Latina, são quase 12 milhões de brasileiros sofrendo com a doença. Porém, quem pensa que...

Léo Dagaz, banda Pura Viva e outras atrações na agenda do Enseada Beach Club no sábado

Neste fim de semana começa a programação Enseada Beach Club – um novo conceito que promete animar e movimentar as tardes do verão de...

Deputados são contra aumento no Fundo Eleitoral, mas usaram dinheiro para campanha -veja valores

Em 2020 partidos políticos podem ter R$ 3.8 bilhões para gastar nas campanhas eleitorais. Isso porque, foi aprovado na Comissão Mista um relatório que...

Você também pode ler

Conteúdo patrocinado

Comentários
javascript:void(0)
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!