24 C
Serra
domingo, 17 de novembro de 2019

Obra de esgoto se arrasta há 5 anos e agrava poluição em Carapebus

Leia também

Óleo já está em Nova Almeida e Jacaraípe e ameaça também água de serranos

Aconteceu. O petróleo que contamina há mais de dois meses a costa do Nordeste chegou às praias da Serra....

Você adoça seu cafezinho?

Considerando que você utilize um sachê tradicional de 5 gramas por xícara e por dia consuma 3 xícaras de...

Barro na água faz Cesan interromper abastecimento na Serra

Os moradores da Serra, Fundão e Viana  vão ficar sem água nesta sexta-feira (15). Isto porque tem muito barro...

Moradores da região mostram esgoto da nova rede vazando para a lagoa em setembro do ano passado: comunidade cobra da Cesan conclusão da obra. Foto: Arquivo TN/Fábio Barcelos

Cinco anos de obras, três empreiteiras e várias promessas não cumpridas de conclusão. Assim está a implantação da rede para coletar e tratar o esgoto dos bairros Praia, Lagoa e Balneário Carapebus, bairro inseridos na Área de Proteção Ambiental de Praia Mole. Além dos transtornos com a obra inacabada e insalubridade, moradores afirmam que a lentidão piorou a poluição nas lagoas Baú e Carapebus.

Presidente da Associação de Moradores de Praia de Caraebus, Anderson Soares, disse que a obra, que é de responsabilidade da Cesan, começou em 2014 e parou no final daquele ano. “Aí foi retomada durante a gestão Hartung. Depois disso, a Cesan prometeu entregar em abril de 2018. Não cumpriu, denunciamos ao Ministério Público, que fez reunião com a Cesan aonde a empresa prometeu entregar em dezembro. Mas depois pediu para estender prazo para janeiro e, na sequência, disse que concluiria em março. Estamos já no final do mês, a obra está em ritmo lento e ainda falta ligar uma elevatória e instalar bombas ao longo de trechos da rede”,  aponta.

Anderson disse que a maioria da comunidade contava com fossas em casa, que eram limpas periodicamente pela prefeitura ou mesmo contratando serviços particulares. “Mas quando começaram a implantar a rede muitos moradores passaram a ligar o esgoto, pois faltou comunicação da Cesan. Como a rede não estava em operação, o esgoto passou a cair nas lagoas (Baú e Carapebus), que perderam a balneabilidade e até para pescar ficou ruim, pois a sujeira está fazendo proliferar plantas aquáticas”, explica.

O líder comunitário acrescenta que ficou indignado durante reunião recente do Conselho da Apa de Praia Mole, quando um representante da Cesan teria prometido novo prazo, agora julho.

Conselheiro voluntário da Unidade de Saúde e membro do movimento comunitário de Praia de Carapebus, Wesley Furtado, é outro que reclama da situação. “Estamos cansados de prazos e promessas. Muita gente ligou à rede sem o serviço estar pronto. Ontem mesmo tinha uma piscina de esgoto no meio da rua perto da lagoa do Baú. E ainda tem o afundamento do asfalto onde as redes foram implantadas, fica até perigoso dirigir nessas ruas”, aponta.  

Cesan

Na tarde de ontem (25) a Cesan disse que o cronograma da obra foi alterado e a conclusão agora está prevista para junho próximo. Quanto a falta de comunicação alegada pelos moradores, a Companhia já havia rebatido em setembro do ano passado, afirmando que fez reuniões e esclarecimentos junto a comunidade.

E no final do ano passado a Cesan disse que a principal elevatória do novo sistema da região já havia entrado em operação, mas pediu ao moradores que esperem a finalização das obras que que façam a ligação à rede.

Desde janeiro de 2015 o esgoto do município passou a ser gerido através da Parceria Público Privada (PPP) Cesan / Ambiental Serra.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentários

Mais notícias

Você adoça seu cafezinho?

Considerando que você utilize um sachê tradicional de 5 gramas por xícara e por dia consuma 3 xícaras de café, seu consumo diário de...

Barro na água faz Cesan interromper abastecimento na Serra

Os moradores da Serra, Fundão e Viana  vão ficar sem água nesta sexta-feira (15). Isto porque tem muito barro na água  e a alta...

Chuva alaga Vale e eleva risco de vazamento de rejeitos em Tubarão

Localizada na divisa entre Serra e Vitória, a planta industrial de Tubarão da Vale também não escapou dos alagamentos que atingem o ES por...

Fortes chuvas deixam 72 pessoas desalojadas no ES

Apesar de não ter causado grandes estragos na Serra, as fortes chuvas que estão caindo no Espírito Santo desde a madrugada da última quarta-feira...

Você também pode ler

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
javascript:void(0)
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!