23.8 C
Serra
terça-feira, 26 de Maio de 2020

CORONAVÍRUS NA SERRA

cidade registra 1.955 infectados, 125 mortos e 613 curados

Município projeta receber oito novos supermercados e gerar 1,6 mil empregos

Publicado em:
Atualizado em:

Leia também

Jayme Santos recebe 60 novos respiradores para atender pacientes com coronavírus

O Governo do Estado recebeu, na noite do último domingo (24), 60 novos respiradores vindos da Itália que serão...

Na Serra | Estado começa na quarta (27) segunda parte do Inquérito Sorológico

Desta quarta-feira (27) até a sexta-feira (29), a Secretaria da Saúde (Sesa) vai realizar a segunda fase do “Inquérito...

Covid-19: 613 moradores da Serra já estão curados da doença

Dos 1.955 casos confirmados de coronavírus na Serra, 613 pacientes já estão curados da doença. A afirmação é da...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

 

A Serra recebeu nos últimos anos vários supermercados e atacarejos, principalmente na grande Laranjeiras. Foto: Agência Brasil

Clarice Poltronieri

Oito novos supermercados devem gerar 1,6 mil empregos este ano. É o que projeta a Secretaria de Desenvolvimento Econômico da Serra (Sedec). O órgão municipal informou, via assessoria de imprensa, que os empreendimentos vão se instalar nos bairros Barcelona, Colina de Laranjeiras, Jardim Carapina, Valparaíso, Eurico Salles, e outros que estão em fase de estudo.

O presidente da Associação Capixaba de Supermercados (Acaps), João Falqueto, confirmou que pelo menos dois estabelecimentos devem inaugurar no primeiro semestre.

“Uma nova loja do Noroeste, em Nova Almeida, e a Super Rede, em Colina de Laranjeiras, inauguram ainda no primeiro semestre. E a Super Rede tem promessa de abrir mais outras duas lojas este ano. Para o segundo semestre tem a previsão do Casagrande, em Barcelona. Há também uma outra rede que pretende pôr loja em Central Carapina. Os responsáveis pelas demais lojas que a Prefeitura anunciou, ainda não nos procuraram”, revela Falqueto.  

O presidente reforça que, mesmo já tendo lojas suficientes para atender a demanda da Serra, os empresários apostam na cidade. “As lojas atuais atendem a demanda. Mas com o fim da crise e sendo a Serra a maior cidade do Estado, a aposta do setor é maior aqui, até porque, além da população, o fluxo de visitantes é grande. O setor é otimista com uma nova fase de desenvolvimento e isso é benéfico para o município, pois uma loja pode gerar até 300 empregos, dependendo do tamanho”, frisa.

Mall pode abrir 500 vagas na cidade 

Dentre estes novos estabelecimentos, há o projeto da abertura de um Open Mall, onde além de supermercado, outras lojas se instalam no mesmo espaço. Segundo a assessoria da Sedec, este empreendimento sozinho deve gerar 500 empregos diretos, que estão incluídos nos 1,6 mil anunciados, e deve ser inaugurado no início de 2019.

A assessoria da prefeitura não quis dizer o local de instalação e nem a empresa responsável pelo empreendimento, mas informações de bastidores revelam que o Mall ficará na quadra atrás do Hospital Metropolitano em Laranjeiras. Na última quinta-feira (01) máquinas já estavam fazendo a terraplanagem do espaço onde supostamente será este empreendimento.

 

 

Comentários

Mais notícias

Na Serra | Estado começa na quarta (27) segunda parte do Inquérito Sorológico

Desta quarta-feira (27) até a sexta-feira (29), a Secretaria da Saúde (Sesa) vai realizar a segunda fase do “Inquérito Sorológico” - uma campanha de...

Covid-19: 613 moradores da Serra já estão curados da doença

Dos 1.955 casos confirmados de coronavírus na Serra, 613 pacientes já estão curados da doença. A afirmação é da Secretaria de Estado da Saúde...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!
Precisa falar com o Tempo Novo? Envie sua mensagem