Moradores se unem e nascente com lixão vira parque em Cariacica

0

 

Moradores se unem e nascente  com lixão vira parque em Cariacica
Os moradores João Félix e Maria Batista estão entre os que se mobilizaram pela criação do Parque São Conrado. Foto: Bruno Lyra

Bruno Lyra

A união de moradores e representantes do poder público conseguiu transformar em parque urbano uma área verde com brejo que estava abandonada, recebendo lixo e sob risco de ocupação desordenada. De quebra, as cinco nascentes do local foram aproveitadas para formar duas lagoas e estão sendo recuperadas.

Essa bela história foi escrita no bairro São Conrado, município de Cariacica. O lugar virou o 1º parque urbano do município. Tem cerca de 10 mil m2,uma pista de caminhada com 600 metros, dois lagos, nascentes e áreas que estão sendo reflorestadas. Ainda falta iluminação, que deve ser implantada em breve. O investimento da Prefeitura de Cariacica no projeto foi de R$ 256 mil.

Uma das protagonistas da iniciativa é dona Maria Batista Faria, liderança comunitária que mora há 15 anos no bairro. “Em 2007 mandei um primeiro ofício à Prefeitura pedindo para criar uma área de preservação no local. Depois disso foram vários, até que no início do ano o prefeito Juninho (PPS), e três vereadores estiveram aqui e prometeram ajudar. Foi quando a coisa começou a andar”, contou.

Um desses vereadores, que inclusive foi reeleito, é Welington Silva (PRTB). Ele é morador do bairro Boa Sorte, vizinho à São Conrado e abraçou a causa de imediato. “Fui secretário de Meio Ambiente da cidade e sabia da existência dessa nascente. Tivemos o apoio da Prefeitura, inclusive com a implantação de rede de esgoto no entorno do Parque e retirada de 40 toneladas de lixo do local. Conseguimos também que compradores de lotes vendidos na área cedessem espaço para implantação do parque”, acrescenta.

Segundo Welington, uma imobiliária chegou a vender lotes no fundo do vale, que é Área de Preservação Permanente (APP). Com o parque foi possível conter parte desse avanço, apesar de alguns lotes particulares e construções ainda terem ficado próximas às lagoas. “Foram plantadas cerca de 700 árvores. Serão plantadas mais 1,3 mil. Acredito que o Parque possa ter gerado uma valorização de cerca de 50% nos imóveis vizinhos”, acrescentou.

Local vira ponto de lazer e caminhadas

A reportagem esteve no local na última quarta-feira (12) e constatou o sucesso da iniciativa. Centenas de pessoas – muitas delas crianças – aproveitaram o feriado para curtir o local. “Há anos ligávamos para a Prefeitura pedindo proteção da nascente. Quando começaram a fazer, nem acreditei que sairia. Agora temos esse patrimônio”, destaca João Luiz Félix, outro morador que militou pela causa.

Assim como o seu vizinho Clemente Bins, outra liderança local engajada na criação do Parque e que agora ajudar a protegê-lo. O calçadão já virou point dos adeptos das caminhadas, com bancos para quem curte contemplação e conversa. E tem atraído moradores não só de outros bairros, como até de municípios vizinhos.

Para o secretário de Meio Ambiente de Cariacica, Cláudio Denícoli, a implantação do Parque trouxe mais qualidade de vida para os moradores da região.

Comentários