16.1 C
Serra
segunda-feira, 01 de junho de 2020

Montanha de lixo perto de lagoa no Civit

Leia também

Serra fecha maio com 2.508 casos confirmados e 157 mortos por coronavírus

O mês de maio chegou ao fim com muitos casos confirmados e mortes causadas pela Covid-19 na Serra. De...

Mais cinco moradores da Serra morrem por coronavírus

Em apenas 24 horas, a Serra registrou cinco novas mortes causadas pela Covid-19. A informação foi divulgada pela Secretaria...

Auxiliares e técnicos de enfermagem do Jayme decidem se entram ou não em greve nesta segunda

O Sindicato dos Auxiliares e Técnicos em Enfermagem do Espírito Santo (SITAEN-ES) marcou, para a próxima segunda-feira (1), às...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

O morador da Serra Walace Rodrigues cobra mais cuidado. Foto: Renato Ribeiro
O morador da Serra Walace Rodrigues cobra mais cuidado. Foto: Renato Ribeiro

Por Renato Ribeiro

Um lixão tem causado transtornos para os motoristas e pedestres que passam pela Rua 2 e na rua Comendador Roberto Ugoline, numa área industrial do Civit 1. A quantidade de resíduos descartados indevidamente nas ruas é tão grande que só dá para passar um veículo por vez.

O motorista Anderson Lima Martins, que trabalha na região, diz que os descartes iniciaram há cerca de três anos nas áreas verdes da região, até que tomassem uma das vias da respectiva rua. “A princípio o lixo e o entulho eram jogados na área verde que dá acesso à lagoa Jacunem, no final da rua Comendador Roberto Ugoline. Quase todos os dias vemos caminhões despejando caçambas de entulho e lixo até mesmo no meio da rua. A Prefeitura limpa e dias depois já está tudo do mesmo jeito”, contou.

Funcionário de uma empresa da região, Tallyson Martins, diz que acessar a lagoa Jacuném de carro é impossível, tamanho o volume de lixo descartado nas proximidades da área de proteção ambiental.  “Antigamente, pescadores vinham de carro para descer até a prainha da lagoa. Enquanto não cercarem as áreas verdes, vão continuar jogando lixo”, conclui.

A assessoria de imprensa da Prefeitura informou que na última limpeza feita no local foram retirados 84 caçambas de resíduos. A próxima limpeza está prevista para agosto. Disse também que a Fiscalização Ambiental roda diariamente vários locais do município. Se flagrados, infratores são multados e têm veículo apreendido. Denúncias devem ser feitas nos tels 0800 283 9780 / 3291 7435 / 99951 2321.

Comentários

Mais notícias

Mais cinco moradores da Serra morrem por coronavírus

Em apenas 24 horas, a Serra registrou cinco novas mortes causadas pela Covid-19. A informação foi divulgada pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa)....

Auxiliares e técnicos de enfermagem do Jayme decidem se entram ou não em greve nesta segunda

O Sindicato dos Auxiliares e Técnicos em Enfermagem do Espírito Santo (SITAEN-ES) marcou, para a próxima segunda-feira (1), às 7h00, em frente ao Hospital...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!