Lojistas e moradores se mobilizam contra esvaziamento da Sede | Portal Tempo Novo

Serra, 15 de novembro de 2018

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Economia

Serra, 6 de Abril de 2018 às 9:03

Lojistas e moradores se mobilizam contra esvaziamento da Sede


Empresários e moradores vão tentar barrar a saída de mais órgãos públicos da região e trabalhar pela revitalização do Centro. Foto: Edson Reis

Clarice Poltronieri

Com a sucessiva saída e de órgãos públicos da Serra-Sede, comerciantes locais, empresários e ativistas de diversos ramos se uniram para exigir políticas públicas que evitem um esvaziamento da cidade. O movimento Serra-Sede Forte nasceu em novembro de 2017, logo após a saída do Fórum para Jardim Limoeiro, e começou como uma iniciativa de comerciantes locais que se sentiram impactados.

Presidente do núcleo Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) Serra Sede e um dos idealizadores do movimento, Edson Quintino, diz o esvaziamento da Sede pode prejudicar 19 bairros do entorno e quase um terço da população da Serra.

“Somos cerca de 200 participantes, entre comerciantes, empresários, ativistas da Sede. Buscamos evitar o esvaziamento da região”, explica.

Dentre as discussões, o foco é trazer órgãos administrativos que facilitem a vida da população e mantenham o comércio local vivo.

“O movimento entende que não é justo com a região a saída de órgãos, pois somos quase um terço da população serrana. Desde a saída do Fórum há um efeito dominó, outros órgãos estão saindo. A cidade está desacelerando, desaquecendo e o setor da inciativa privada sofre. A Justiça Federal saiu, a coletoria da Fazenda Estadual e o Ministério Público estão para sair”, lamenta.

Edson garante que a prefeitura já sinalizou algumas intervenções como a revitalização, implantação do rotativo, a construção de um novo Centro Administrativo; o contorno de São Domingos.

Jornalista e ativista cultural, Fábio Boa Morte, aponta uma das preocupações dos moradores da Serra Sede. “Não queremos que a Sede esvazie como aconteceu em Cariacica. A CDL começou o movimento, que cresceu e hoje conta com outros setores da sociedade civil. Criamos o jornal Carta Serrana, para esclarecer à população o que está havendo”, aponta.

A assessoria da prefeitura confirmou que há uma conversa com o Movimento Serra-Sede Forte e que, dentre as ações tomadas para revitalizar o centro, está a construção de um ponto de apoio da Guarda Municipal na praça Ponto de Encontro, em andamento; que há o projeto de um novo Centro Administrativo; e que a equipe ficou de fazer uma reunião com a comissão para apresentar o projeto de revitalização.




O que você acha ?

Você acredita no sucesso do governo Bolsonaro?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por