Justiça trava casamento comunitário e Prefeitura da Serra remarca data | Portal Tempo Novo

Serra, 17 de agosto de 2019

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Geral

Serra, 22 de julho de 2019 às 19:36

Justiça trava casamento comunitário e Prefeitura da Serra remarca data

Por Gabriel Almeida
[email protected]

Prefeitura terá que transferir evento para outra data. Foto: Jansen Lube

Por conta de uma decisão judicial da Vara da Fazenda Pública Estadual da Serra, a Prefeitura teve que adiar o casamento comunitário que seria realizado no próximo final de semana. A notícia pegou de surpresa os casais que iriam participar do evento.

Conforme o TEMPO NOVO noticiou no último sábado (20), os noivos iriam participar da cerimônia no próximo sábado (27), mas foram informados na última semana, pelo município, de que o evento não poderia mais ocorrer nesta data e teve que ser remarcado.

O anúncio do adiamento gerou grande polêmica entre os moradores que se inscreveram para o evento. A Prefeitura da Serra confirma que está cumprindo uma decisão da Justiça e, que por conta disso, terá que ser feito uma reformulação do evento, e remarcar o casamento comunitário.

O TEMPO NOVO teve acesso a decisão judicial. No documento, o Juiz Leonardo Marino Teixeira Lopes afirma que “o casamento não pode ser celebrado fora da área territorial do cartório”. Sendo assim, a prefeitura não pode fazer a cerimônia no Pavilhão de Carapina com moradores de várias regiões.

O Juiz ainda afirma que “infelizmente, não há qualquer exceção no Código de Normas possibilitando a realização de casamentos comunitários fora da área de circunscrição do cartório que irá celebrá-lo”.

Em nota enviada para a reportagem no final da tarde desta segunda-feira (22), a Prefeitura da Serra confirmou que o evento teve que ser remarcado. De acordo com o município, o casamento comunitário, programado para o próximo sábado, está sendo transferido para o dia 28 de setembro, no Pavilhão de Carapina.

Mas aqueles que estiverem impossibilitados de aguardar a  nova data poderá procurar o cartório da sua região para marcar a realização do casamento.

Mais informações podem ser obtidas na Secretaria de Assistência Social, no telefone 3291-2424.

Casais reclamam e temem prejuízo

Os noivos que se inscreveram para participar do casamento comunitário afirmam que ficarão no prejuízo com o adiamento da cerimônia. De acordo com os casais, muitos já tinham alugado roupas, preparado festas e até feito lembrancinhas para marcar a data tão importante.

Uma das noivas que iria realizar o sonho de se casar ainda neste mês é a Sara Jordana de Souza. Ela afirma que sofrerá prejuízos por conta disso.

“Com apenas oito dias de antecedência que vieram comunicar que foi adiado e agora está todo mundo sem saber o que fazer. Eu tinha feito lembrança para meus padrinhos, alugado vestido e tudo. Vou ficar no prejuízo”, afirma a noiva que está decepcionada.

Jackeline Freire Araújo e seu esposo também afirmam que ficarão no prejuízo. “Me ligaram hoje afirmando que não vão realizar o evento. Fiz todas as lembrancinhas com a data que seria o evento, além de ter marcado um almoço com a família para comemorar. Muitos amigos também que iam participar chegaram a alugar o vestido de noiva. Estamos decepcionados”, conta.

Já Roseane Martins terá um prejuízo ainda maior. “Aluguei até um espaço para fazer uma comemoração e agora? Cancelaram do nada. É complicado”, desabafa.




O que você acha ?

Como você avalia o trabalho da Guarda Municipal da Serra?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por