Jovem amarrado e agredido por “justiceiros” em Feu Rosa continua desaparecido

0
A vítima foi amarrada a uma árvore. Nos destaques, o rosto dos agressores que aparecem no vídeo.
A vítima foi amarrada a uma árvore. Nos destaques, rostos dos agressores que aparecem no vídeo.

A Polícia Militar (PM) ainda não sabe o paradeiro do jovem que foi amarrado e agredido por um grupo de homens no bairro Feu Rosa, na última terça-feira (16). O motivo da violência teria sido a suspeita de que ele teria furtado um celular na comunidade. Um dos integrantes do grupo de agressores, aparentemente justiceiros, filmou a ação e o vídeo chegou à internet. No vídeo é possível perceber a vítima ser agredida por 3 homens enquanto uma quarta pessoa faz a filmagem.

Apesar da PM não ter o registro da ocorrência, moradores da região, que falaram sob a condição de anonimato, garantem que o fato aconteceu e que a vítima sofre de problemas mentais. As cenas de barbárie foram gravadas e divulgadas na internet, por meio de um vídeo no Facebook.

“A mãe do jovem está buscando informações sobre o filho, mas ninguém sabe onde ele está”, disse um morador do bairro, acrescentando que a família do rapaz reside na comunidade.

Também há relatos de que um caso semelhante ocorreu há aproximadamente uma semana, só que no bairro vizinho, Vila Nova de Colares. Este linchamento teria resultado na morte da vítima.

Por meio de nota, a assessoria de comunicação da Polícia Militar do Espírito Santo, informou que não há registros de nenhuma das duas ocorrências.

Confira o vídeo:

https://www.youtube.com/watch?v=mTO2phrGvZA

Comentários