21.3 C
Serra
quarta-feira, 21 de outubro de 2020

Jacaré de dois metros aparece em Carapebus e assusta morador

Leia também

Vidigal promete vigiar poluição do ar, ampliar reservas ambientais e revisar PPP do esgoto

Com a bagagem de já ter sido prefeito três vezes da Serra Sérgio Vidigal (PDT) volta a disputar o...

Com 133 casos em nove meses, assassinatos crescem 30% na Serra  

A violência não dá trégua na Serra. Entre janeiro e setembro, 133 pessoas foram assassinadas na cidade, numero 30%...

Time de Colina de Laranjeiras é o campeão do Brasileiro da Serra

O Colina Futebol Clube é o atual campeão Brasileiro da Serra. Criado em 2017, time de futebol amador tem...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

O animal foi resgatado pela equipe do projeto Caimã. Foto: Divulgação

Um jacaré causou um baita susto em Praia de Carapebus na noite da última segunda (11). O animal apareceu num local próximo a lagoa do Baú, na subida do Cerimonial Warung.

Segundo o líder comunitário do bairro, Anderson Soares, quem avistou o jacaré da espécie papo amarelo foi um motoboy que estava fazendo entrega de lanche perto de um curral. “Quando ele virou a curva o animal deu um susto nele. Daí chamaram o pessoal do projeto Caiman, que são especialistas em resgate deste tipo de bicho”, conta enfatizando que na lagoa já foram avistados diversos jacarés.

José Neto Barcelos, que mora no sítio onde o jacaré foi encontrado disse que foi um baita susto. “Graças ao empenho da minha esposa Lívia Guimarães e ao meu grande amigo Marcelo Marcelo Guadagnin Warung Cerimonial em busca de órgãos competentes na captura desse animal, o resgate foi efetuado com grande sucesso. O animal se encontrava na porteira do meu vizinho Adélio colado em minha casa, e quando o motoqueiro veio trazer um lanche para minha esposa gritou e se assustou com jacaré ao lado dele. De imediato entrei em contato com a minha esposa pedindo para que a mesma buscasse ajuda através das redes sociais. Então ela entrou em contato com a policial militar Brisa que de imediato nos forneceu o telefone do projeto Caiman. De posse desse número fiz o primeiro contato com Yhuri em seguida passando o contato para o meu vizinho Marcelo que de imediato também entrou em contato com pessoal do projeto Caiman. Contato feito aguardamos a chegada do pessoal do projeto que foi super atencioso com a gente e o resgatou com louvor. Graças ao nosso bom Deus nenhum animal foi atacado ou pessoas. O animal foi encaminhado para a universidade UVV onde recebeu os primeiros cuidados e de lá será encaminhado para um ambiente onde será cuidado por alguns dias e depois solto na natureza”, afirma Neto que disse a aparição ocorreu por volta das 21h30.

Yhuri Nóbrega, coordenador do projeto Caiman, disse que assim que foram acionados a equipe do projeto se dirigiu ao local para o devido resgate. “É um jacarezão de dois metros e foi levado para o Instituto para análise clínica de saúde e será devolvido a natureza. Colocaremos um raio transmissor nele para entendermos como se movimenta na malha urbana. Aquela região é muito especial por conta que tem muita lagoa e a urbanização está muito intensa. Acaba que o animal está se deslocando como sempre fez na natureza, mas os hábitos ficam menores, então acaba tendo esses encontros assim”, destaca.

Yhuri conta que em 2019 o Instituto está com um estudo diferente junto a ArcelorMittal. “Vamos fazer quase que um Big Brother de jacaré para entender as andanças destes animais.  O monitoramento será feito com GPS via satélite e o objetivo é mitigar esses eventos e conservar a espécie, harmonizando essa relação”, comenta.

O coordenador do Caiman também disse que ao se deparar com este tipo de bicho, deve-se manter uma distância segura. “A pessoa pode ligar para nós ou para a Polícia Ambiental para fazer o resgate de forma segura”.

Serviço:

Resgate de jacaré

Projeto Caiman

Telefone: 99818-3188

Polícia Ambiental

Telefone: 3636-1650

 

Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Mais notícias

Com 133 casos em nove meses, assassinatos crescem 30% na Serra  

A violência não dá trégua na Serra. Entre janeiro e setembro, 133 pessoas foram assassinadas na cidade, numero 30% maior que no mesmo período...

Time de Colina de Laranjeiras é o campeão do Brasileiro da Serra

O Colina Futebol Clube é o atual campeão Brasileiro da Serra. Criado em 2017, time de futebol amador tem três anos de história, mas...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!