20.3 C
Serra
quinta-feira, 06 de agosto de 2020

Índice de isolamento social na Serra tem média de 44.37%

Leia também

Análise: Xambinho, entre a juventude e a maturidade para lançar uma pré-candidatura independente

Aos 33 anos, o deputado mais jovem da Assembleia, Alexandre Xambinho (PL) se vê diante do momento mais importante...

Polícia Militar atendeu 6.124 ocorrências na Serra durante o mês de julho

Durante os 31 dias do mês de julho na Serra a Polícia Militar realizou 1.677 operações. Os dados foram...

Novo condomínio de R$ 35 milhões pode gerar até 200 vagas de emprego na Serra

Um investimento de R$ 35 milhões e a expectativa de geração de até 200 vagas de empregos diretos. Esse...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Durante os dias da semana, o índice é ainda menor. Situação do Terminal de Carapina na última segunda (13). Foto: Divulgação

Após alguns dias com baixa nos números de mortes causadas pela Covid-19, a Serra voltou a registrar um aumento na quantidade de óbitos diários. O índice de isolamento social na Serra  possui uma média de 44.37% .

Durante o mês de julho, a média diária da Serra varia entre 40.01% a 50.21%. De segunda a sexta, o índice de isolamento do município varia entre 40.54% a 40.68%. Nos finais de semana, principalmente aos domingos, este índice chegou no último dia 5 de julho, a 50.21% e dia 12, 49.29%. Os dados são do Painel Covid-19 do Governo do Estado.

De acordo com a última atualização divulgada pela Secretaria de Estado da Saúde, na noite da última terça-feira (14), em 24 horas, foram quatro moradores que perderam a batalha contra o vírus. No total, a cidade já possui 365 óbitos, 9.371 casos confirmados e 7.543 curados.

Os bairros da cidade com o maior número de óbitos são: Bairro das Laranjeiras (21), Feu Rosa (19), Vila Nova de Colares (18), Nova Carapina I (17) e Morada de Laranjeiras (15). Das mortes na cidade, a grande parte é de idosos ou pessoas com comorbidades, mas também houve registro de moradores mais jovens, com 43 e 45 anos. Nesse caso, sem informações sobre comorbidades. A taxa de letalidade na cidade é 3,89%.

Colina de Laranjeiras continua sendo o bairro com maior número de casos confirmados de coronavírus na Serra e já tem 394 confirmações. Em segundo lugar vem Feu Rosa, com 383. Ainda conforme apurado pelo TEMPO NOVO, no Painel Covid-19 – espaço onde o Estado contabiliza os dados do novo coronavírus – o Espírito Santo tem, no total, 65.213 confirmações, 2.082 mortes e 43.743 curados.

Comentários

Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Mais notícias

Polícia Militar atendeu 6.124 ocorrências na Serra durante o mês de julho

Durante os 31 dias do mês de julho na Serra a Polícia Militar realizou 1.677 operações. Os dados foram divulgados pelo 6º Batalhão da...

Novo condomínio de R$ 35 milhões pode gerar até 200 vagas de emprego na Serra

Um investimento de R$ 35 milhões e a expectativa de geração de até 200 vagas de empregos diretos. Esse é o impacto econômico do...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!