18.7 C
Serra
terça-feira, 02 de junho de 2020

Homicídios crescem quase 40% na Serra

Leia também

Casagrande anuncia novos leitos e não descarta medidas mais duras de distanciamento social

Na noite desta segunda-feira (1) o governador do Estado, Renato Casagrande (PSB), anunciou que nas últimas horas o Governo abriu...

Obra emergencial para mar não derrubar poste gera polêmica em Manguinhos

Na última semana a Prefeitura da Serra teve que fazer uma contenção emergencial para que um poste não fosse...

Segue tensão com técnicos e auxiliares de enfermagem no Jayme Santos

Não bastasse a carga de ter o maior número de doentes por covid-19 no ES pois é a referência...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

O menor Rhoger M. Ferreira foi executado no último dia 26, em Nova Almeida. Foto: Divulgação
O menor Rhoger M. Ferreira foi executado no último dia 26, em Nova Almeida. Foto: Divulgação

por Thiago Albuquerque

Os meses de janeiro e fevereiro de 2015 juntos somam 59 dias. Por muito pouco os assassinatos na Serra nesses dois primeiros meses do ano não superaram a marca de um por dia: foram 57 homicídios.

Outro número que assusta é o aumento de assassinatos em fevereiro. E coincidiu com o anúncio no corte de combustível para viaturas da PM no mês. Enquanto em janeiro 24 pessoas foram mortas, 33 tiveram a vida retirada de forma violenta em fevereiro, um crescimento de 37,5%. Os números de janeiro foram confirmados pela Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp).

Já os de fevereiro não são oficiais, eles foram compilados de forma independente pela reportagem. A Sesp só deve divulgá-los no final da 1ª quinzena de março.

As 33 mortes levantadas em fevereiro aconteceram em 26 bairros diferentes.   A média de idade dos assassinados é de 21,9 anos. Um terço deles tinha menos de 20 anos. Outro terço era de jovens entre 20 e 30 anos. E 24,24% dos mortos tinha mais de 30 anos.

O restante, 15,15%, não tiveram a idade identificada.  Mais uma vez a diferença entre homens e mulheres foi grande. Dos mortos, 27 são do sexo masculino contra seis do sexo feminino. O dia mais violento de fevereiro foi o sábado com 9 assassinatos – 27,27% do apurado no mês.

Combustível

O crescimento do número de homicídios em fevereiro na Serra coincide com o anúncio da redução de combustível para as viaturas da Polícia Militar anunciado pelo Governo Estadual. Em algumas cidades capixabas a redução foi de 20%.

No 6º Batalhão, responsável pelo policiamento da Serra, a redução anunciada foi de 55%. O ofício do Comando da PM ao 6 Batalhão determinando a redução foi enviado no último dia 06 de fevereiro.

Apesar da ampla divulgação do assunto na imprensa, inclusive do decreto do Governo e do ofício encaminhado ao 6º Batalhão, a assessoria de imprensa de Sesp negou que tenha ocorrido corte de combustível em viaturas da PM no ES.

Veja na tabela abaixo detalhada das vítimas de homicídios da Serra:

Fevereio 2015

Comentários

Mais notícias

Obra emergencial para mar não derrubar poste gera polêmica em Manguinhos

Na última semana a Prefeitura da Serra teve que fazer uma contenção emergencial para que um poste não fosse derrubado pelo mar, que está...

Segue tensão com técnicos e auxiliares de enfermagem no Jayme Santos

Não bastasse a carga de ter o maior número de doentes por covid-19 no ES pois é a referência hospitalar para enfrentar a pandemia,...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!