24.7 C
Serra
quarta-feira, 03 de junho de 2020

Greve dos rodoviários: ônibus circulam normalmente nesta terça (3)

Leia também

Mar destrói barreira de contenção feita em Manguinhos semana passada

Não durou nem uma semana a barreira de contenção feita emergencialmente pela prefeitura da Serra para impedir que o...

Tribunal de Justiça confirma integração das comarcas de Serra e Fundão

  O diretor do Fórum da Serra, Alexandre Farina, comentou a decisão do Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJ-ES),...

Movimento Negro quer Lockdown com urgência no ES

Em carta aberta, representantes do Movimento Negro do ES pedem ao Governo do ES medidas para minimizar os efeitos...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

ATUALIZAÇÃO: Clique aqui e veja se os ônibus vão rodar nesta quarta-feira (4)

Rodoviários estão negociando com as empresas. Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

A rodada de negociações entre os rodoviários e as empresas teve início nesta segunda-feira (2), quando aconteceu a primeira reunião para definir o reajuste de salário e outras demandas apresentadas pelos trabalhadores. Dessa forma, os ônibus continuam rodando na Grande Vitória durante esta terça-feira (3).

A reunião que aconteceu no Ministério Público do Trabalho (MPT), em Vitória, contou com a participação de membros do sindicato patronal, o GVBus, e dos rodoviários, o Sindirodoviários. Segundo informações, os dois lados ainda não chegaram num acordo, mas sinalizaram que podem se entender.

As reuniões estão sendo realizadas após a intervenção judicial. Na quarta-feira (27), os rodoviários tinham anunciado que iriam paralisar a circulação dos coletivos nesta segunda-feira (2). Com isso, o GVBus acionou a Justiça para que a greve fosse impedida. Durante uma audiência de conciliação realizada na sexta-feira (29) a noite, a categoria e as empresas afirmaram o compromisso de debater as propostas por três dias.

Entre as propostas definidas na audiência de conciliação está o reajuste de 3,04% de perda inflacionária mais ganho real, o aumento de R$ 1,00 nos tíquetes de alimentação e restaurante, a mudança da data-base para o mês de agosto e a formalização do uso e da existência de carros extras nos horários de pico.

A próxima reunião vai acontecer nesta terça-feira (3), às 13h, no Ministério Público do Trabalho. O último encontro será na quarta-feira, dia em que também será realizada uma assembleia dos rodoviários, que decidirá se a categoria aceita ou não a proposta negociada. Isso também definirá se a greve irá realmente ou não acontecer.

Principal reivindicação de rodoviários é o reajuste salarial

Os rodoviários apresentaram várias propostas para os empresários, mas a principal é o reajuste salarial. A categoria pediu 9% de reajuste, mas as empresas ofereceram 2,54%. Esse foi o principal motivo da decisão de entrar em estado de greve.

Os motoristas e cobradores rejeitaram a contraproposta patronal, que oferece 2,54% de reajuste salarial. A pauta de reivindicações entregue as empresas solicitava 9% de reajuste acima da inflação, além de mudança da data base para 1º de maio,  plano de saúde integral, mudanças em escalas de trabalho, entre outros pontos.

A diretoria do sindicato informou que as empresas se negaram a negociar e apresentaram a contraproposta. Após isso, o sindicato das empresas (GVBus) entrou na Justiça e conseguiu a realização da audiência de conciliação.

Comentários

Mais notícias

Tribunal de Justiça confirma integração das comarcas de Serra e Fundão

  O diretor do Fórum da Serra, Alexandre Farina, comentou a decisão do Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJ-ES), que anunciou a integração de...

Movimento Negro quer Lockdown com urgência no ES

Em carta aberta, representantes do Movimento Negro do ES pedem ao Governo do ES medidas para minimizar os efeitos da pandemia do novo coronavírus. Segundo...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!