28 C
Serra
terça-feira, 10 de dezembro de 2019

Governo Federal diz que inicia Contorno em um mês e vai gerar 1.430 empregos

Leia também

Deputados são contra aumento no Fundo Eleitoral, mas usaram dinheiro para campanha -veja valores

Em 2020 partidos políticos podem ter R$ 3.8 bilhões para gastar nas campanhas eleitorais. Isso porque, foi aprovado na...

Empresários da Serra debatem cenários para 2020  

Nesta quarta-feira (11) a Associação de Empresários da Serra (Ases) promove debate de cenários para 2020. Será às 8h...

Oportunidade de emprego para 83 operadores de telemarketing para início imediato

Está procurando emprego? Tem oportunidade de trabalho para início imediato para quem quiser atuar como operador de telemarketing. São...
Yuri Scardinihttps://www.portaltemponovo.com.br
Morador da Serra, Yuri Scardini é o editor de política do Tempo Novo. Além de sua área, o jornalista, escreve para outras editorias do portal.

Projeção do Contorno: serão 19 quilômetros em pista dupla e ciclovia. Foto: Divulgação

Orçada em R$ 290 milhões, a obra do Contorno do Mestre Álvaro deve começar dentro de um mês. Pelo menos essa é a expectativa, uma vez que na última terça-feira (30) foi assinada a ordem de serviço pelo ministro de Infraestrutura, Tarcísio Gomes. Além dele, estavam presentes vários políticos da Serra, que preveem uma nova área de expansão no município.Segundo dados do Governo Federal, a construção da via deve gerar, aproximadamente, 430 empregos diretos e mil indiretos.

O Contorno será um desvio na BR-101, entre o Km 249 – próximo ao posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) – até o km 275, próximo ao condomínio Alphaville Jacuhy, e terá uma extensão de 19 km sem semáforos, com pista dupla e ciclovia.

A obra tem o objetivo desafogar o trânsito de veículos pesados na BR. A estimativa é de economizar até 40 minutos entre a Serra Sede e a cidade vizinha, Cariacica, com a redução de 15 quilômetros.

Segundo o ministro Tarcísio, já existem “R$ 100 milhões garantidos” para o início dos trabalhos. “Finalmente, podemos iniciar a obra, que vai ter uma repercussão grande do ponto de vista da segurança viária, da economia do tempo de viagem, tirando o trânsito pesado de dentro da Serra”,comentou o ministro.

Coordenador da Comissão Externa que fiscaliza o empreendimento, o deputado federal Sérgio Vidigal (PDT) estava entre os presentes à solenidade. “A obra é imprescindível para que se preservem vidas, para a segurança viária e para o desenvolvimento do Espírito Santo”, comemorou Vidigal.

O secretário especial da Presidência, Carlos Manato (PSL), disse que a obra dará a oportunidade de a Serra municipalizar a rodovia. “A maior obra do Governo Federal no Estado. Vai melhorar muito o fluxo da parte Norte e Sul do Espírito Santo. É uma obra que tira o trânsito pesado da Serra e abre as portas para a cidade municipalizar a BR-101”, comenta.

Entretanto, essa não é a primeira vez que a União autoriza a construção do Contorno. Vale lembrar que, em 1º de agosto de 2016, o então ministro dos Transportes do Governo de Michel Temer, Maurício Quintella, esteve no estado e assinou a ordem de serviço ao lado do ex-governador Paulo Hartung; porém, a obra não saiu do papel.

Para Audifax, obra dá segurança e alívio no trânsito e fortalece região da Sede

Audifax disse que haverá um estudo para municipalizar o trecho de Carapina. Foto: Gabriel Almeida

Com a nova rodovia que irá passar atrás do Mestre Álvaro, o município espera conter os acidentes no atual trecho da BR-101, desafogar o trânsito e criar um novo eixo de desenvolvimento para a porção central da cidade. É aposta do prefeito Audifax Barcelos (Rede), que disse, ainda, que haverá um estudo para municipalizar o trecho de Carapina:

Essa é uma obra muito esperada; mas, efetivamente, o que vai gerar de benefício para a Serra?

O primeiro ponto é a questão humana, porque o trecho da 101 na Serra é lugar de muitas mortes. Moradores de bairros como Cidade Pomar, Nova Carapina e Taquara convivem diariamente com a rotina de acidentes e mortes. Então, para mim, essa é a razão principal. A outra é que vai facilitar a vida das pessoas com economia de tempo perdido no trânsito, uma vez que vai desafogar o trecho de Carapina e, consequentemente, a Norte Sul.

E na perspectiva econômica, o que o município projeta a partir dessa nova rodovia? 

Entendemos que regiões de Serra Sede, Belvedere e Divinópolis, por exemplo, podem receber uma carga de investimentos e negócios com prédios, empresas, indústrias e condomínios, que redunda em geração de emprego e arrecadação de impostos para sustentar a demanda por serviços públicos. A Serra cresceu muito na região de Laranjeiras, Civit e na orla. Agora, eu acredito que essa estrada vai ser um dos fatores para alavancar a região da Serra Sede. 

A Prefeitura tem planos de municipalizar o atual trecho da BR 101 em Carapina?

Esse trecho é concessionado, pertence à Eco 101; não é mais relação com o Dnit. Eu vou orientar a minha Procuradoria para analisar isso. Não podemos criar ilusão para a população. Hoje, para se ter uma ideia, para eu trocar a iluminação e colocar lead, preciso pedir autorização à Eco 101.

A região por onde irá passar a nova rodovia é muito rica, do ponto de vista ambiental. A Prefeitura vai montar algum esquema especial de fiscalização nesse sentido?

Tenho certeza de que isso está garantido. O órgão que autorizou foi o Iema, não foi a Secretaria de Meio Ambiente da Serra. Mas iremos manter a vigília ambiental e acompanhar a obra, não tenha dúvida disso.

Obra será construída com dinheiro público, mas é Eco que deve administrar

Entre os pontos de debate decorrentes da obra do Contorno do Mestre Álvaro está a municipalização do atual trecho da BR em Carapina. Está previsto em contrato que, após a inauguração do Contorno – a ser construído com dinheiro público -, a rodovia passe para a administração da Concessionária Eco-101. No entanto, não há clareza se,de fato, o trecho urbano de Carapina passaria à gestão municipal.

A reportem questionou à Eco-101se o Contorno será administrado pela empresa depois de pronto. E também indagouse há alguma negociação em curso entre a empresa, o DNIT e a Prefeitura da Serra. A concessionária confirma a previsão contratual de fazer a gestão do Contorno depois de pronto, mas falou que não iria estender o assunto, uma vez que a obra ainda não foi iniciada. Quanto à municipalização do trecho de Carapina a Serra Sede, a empresa não se pronunciou.

Prefeitura e Eco-101 têm um histórico de confrontos. O município chegou a processar a empresa por conta da falta de manutenção na rodovia e desligamento de radares. Além disso, a Prefeitura já criticou a empresa por ter que iluminar os trechos concessionados que pertencem à Eco.

Novela que se arrasta há anos

A obra do Contorno Mestre Álvaro já passou por muitas idas e vindas, além de ser palco de muitas promessas não cumpridas. Para se ter uma ideia, a primeira ordem de serviço assinada para o início da obra foi em 2016, quando o prazo era para que o Contorno fosse executado em pouco mais de dois anos. Se isso tivesse acontecido, a obra estaria pronta ainda no primeiro semestre de 2019.

No ano seguinte, em 2017, uma novela se desenrolou. O Contorno teve sua responsabilidade repassada do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) para o Departamento Estadual de Estradas e Rodagem (DER-ES). Mas pouco tempo depois, a obra voltou para a responsabilidade do Dnit.

No mesmo ano, a promessa do então ministro dos Transportes, Maurício Quintella, era de que os trabalhos começariam em setembro. Em outubro daquele ano, o projeto da obra foi barrado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) por indícios de irregularidades, que poderiam gerar “grave desequilíbrio econômico-financeiro”.

Já em 2018, surgiu uma nova promessa: a obra começaria em julho e seria concluída em 2020; outra promessa que não foi cumprida.

Comentários

Mais notícias

Empresários da Serra debatem cenários para 2020  

Nesta quarta-feira (11) a Associação de Empresários da Serra (Ases) promove debate de cenários para 2020. Será às 8h no Centro de Eventos Steffen...

Oportunidade de emprego para 83 operadores de telemarketing para início imediato

Está procurando emprego? Tem oportunidade de trabalho para início imediato para quem quiser atuar como operador de telemarketing. São  83 vaga, todas oferecidas nesta...

Servidores estaduais terão 3.5% de reajuste salarial em dezembro

Servidores estaduais receberão os contracheques de dezembro com reajuste de 3.5%. Deputados estaduais aprovaram nesta segunda-feira (9) o Projeto de Lei que autoriza o...

Veja quais bairros receberão a caravana de Natal da Coca Cola

Neste mês de dezembro, a Serra receberá duas caravanas de Natal da Coca Cola. A empresa confirmou que trará para os serranos os tradicionais...

Você também pode ler

Conteúdo patrocinado

Comentários
javascript:void(0)
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!