• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 68.100 casos
  • 1.417 mortes
  • 66.111 curados
23.7 C
Serra
sexta-feira, 23 julho - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 68.100 casos
  • 1.417 mortes
  • 66.111 curados

Festival de Cenas Curtas de Teatro da Serra terá 9 dias de agenda e apresentação de 21 peças de graça

Leia também

Supermercado Casagrande multado em R$ 83 mil por fazer loja sem licença em Jacaraípe

A nova loja do supermercado Casagrande em Jacaraípe, prevista para ser inaugurada na semana que vem, foi multada em...

Estudo inglês demonstra que segunda dose de vacinas é essencial contra a variante delta

Mais um estudo demonstra a necessidade da segunda dose da vacina contra a Covid para que a proteção seja...

Gleisi Hoffman vem ao Estado para contribuir na formação de uma frente pró-Lula

  Com o avanço da popularidade de Lula no Espírito Santo e retomada do ex-presidente na preferência dos eleitores capixabas,...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há 25 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

21 peças vão ser apresentadas durante o festival que terá duração de 7 dias. Foto: Divulgação

Começa neste sábado (17) no Centro Cultural Eliziário Rangel, em São Diogo, o Festival de Cenas Curtas de Teatro da Serra. O evento é inédito na Serra e consiste numa mostra não competitiva de esquetes (peças de curta duração) com até 15 minutos de duração.

O festival contará com nove dias de programação e apresentação de 21 peças. A agenda irá até o próximo dia 25, é totalmente gratuita e será transmitida no formato on-line pelos canais do Eliziário. (YouTube, Facebook).

O objetivo do Festival é proporcionar ao público serrano e capixaba o acesso a diversidade de linguagens teatrais, por meio de diferentes produtos culturais, além de promover o encontro de artistas das artes cênicas.

A programação será aberta neste sábado (17), com live de abertura com os organizadores do Eliziário Rangel e com um representante da Secretária de Cultura. Às 14h, haverá oficina de iniciação teatral ‘Corpo Criador’ com Ronald Alves. A oficina continua no domingo (18) no mesmo horário.

Segundo Antonio Vitor foram 34 inscritos para as cenas e 21 selecionados. “Tiveram inscritos da Grande Vitória e interior e também de outros estados como São Paulo”, destaca Antonio.

Já para a oficina foram 30 inscritos e foram selecionados pessoas de Serra. “Houveram inscrições de pessoas de outras localidades também”.

A partir da segunda (19), às 10 horas, começam as apresentações das peças (confira programação completa no final da matéria). A live de encerramento terá participação de todos os envolvidos no festival.

O Festival de Cenas Curtas de Teatro da Serra conta com o apoio da Lei Aldir Blanc por meio de edital da Prefeitura Municipal de Serra. Mais informações: Antonio Vitor (27) 99830-8813.

Veja a programação completa:

Segunda-feira (19)

10h – Quem me roubou de mim, de Valdsom Braga

15h- Um cesto de história: Matinta Pereira, da Cia NÓS de Teatro

19h – Chá com Gina, de Patrícia Galleto

Terça-feira (20)

10h – Abuela, de Natasha Sonna

15h – Asmeline em: Tá Gravando?, de La Luna Cia de Teatro

19h – NÓ’ (S), da Cia NÓS de Teatro

Quarta-feira (21)

10h – O Pântano, de Frederico Mendonça

15h – O dita dor, de Árvore Casa das Artes

19h – Como no Drama, do Grupo Teatral Gota, Pó e Poeira

Quinta-feira (22)

10h – A Ida ao Teatro, da Rizzo Cia de Teatro

15h – Hora de Dormir, da Cia do Bagaço

19h – Paternidade, de Rodrigo Nasser

Sexta-feira (23)

10h – Agarre com a Boca, de Iure dos Santos Marques

15h – O Regador, da Cia do Bagaço

19h – Sonetos – Um Experimento Cênico, da Imprópria Trupe

Sábado (24)

10h – O Quatro de Estrela, da Cia Teatral Art’Manha

15h – Xexa e Loloca em duo de balé, de Árvore Casa das Artes

19h – Quando o Verde encontra o Azul, do grupo Jurubebas Cênico, da Imprópria Trupe

Domingo (25)

10h – Eu devo contar?, do Coletivo Grão de Areia

15h – Dicionário Palhacístico, de Damião e Cia

19h – Nudez, Cia de Artes Cênicas

20h – Encerramento com roda de conversa sobre as cenas do festival

 

 

 

Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há 25 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!