29.6 C
Serra
sábado, 19 de setembro de 2020

Indústria de vidros do Civit II se expande e abre vagas de emprego

Leia também

Homem é morto a tiros no meio da rua em Serra Dourada III

Os moradores de Serra Dourada III tomaram um baita suto na madrugada desta sábado (19). É que um homem...

Vidigal e Audifax correm atrás do PT visando tempo de TV na eleição

A possibilidade de a Justiça Eleitoral incluir a Serra na transmissão da propaganda eleitoral gratuita foi o start para...

Depois de cinco dias sem água e sem comida cavalo é resgatado em bairro da Serra

Depois de cinco dias sem água e sem comida num terreno baldio de um bairro da Serra, um cavalo...
Bruno Lyrahttps://www.portaltemponovo.com.br
Repórter do Tempo Novo há mais de 10 anos, Bruno Lyra escreve para diversas editorias do portal, principalmente Economia e Meio Ambiente, das quais é o responsável.

A fábrica da Viminas na Serra emprega 350 pessoas, contratou 76 delas nos últimos três meses e ainda tem 18 vagas em aberto. Foto: Divulgação/Bruno Coelho

Tradicional indústria de vidros instalada na Serra há 27 anos, a Viminas não só está expandindo a produção para construção civil como entrando nos mercados automotivo e moveleiro. Para isto, a empresa está contratando. Nos últimos três meses, foram contratados 76 funcionários e ainda há 18 vagas disponíveis.

Segundo o diretor presidente da Viminas, Rafael Ribeiro, o investimento é de R$ 13 milhões. “As obras foram iniciadas no começo do ano e deverão estar concluídas até março de 2020. Montamos linha de produção para a Marcopolo (montadora de ônibus) em São Mateus e para fabricar vidros voltados à demanda do polo moveleiro de Linhares, também no norte do estado”, explica, ressaltando que os investimentos também incluem expansão da produção de vidros voltados à construção civil.

+ Estado abre vagas para inspetor penitenciário com salário de até R$ 2.776

As vagas de trabalho a serem preenchidas, são para os cargos de assistente de saque, PCP (Programa de controle de produção), auxiliar de produção, auxiliar de RH (Recursos humanos), coordenador de processos e eletromecânico. Interessados devem enviar currículo para o endereço currí[email protected].

O diretor destaca que a empresa possui unidade fabril no Civit II e filiais que operam como centros de distribuição nas cidades de Vila Velha (ES), Campos (RJ), Eunápolis (BA) e Belo Horizonte (BH). “No ramo da construção civil, atuamos em todo o ES e nos estados onde temos os centros de distribuição. Toda nossa logística, da matéria prima ao escoamento de nossa produção, é rodoviária”, explica.

A fábrica no Civit II beneficia placas de vidro compradas e trazidas de São Paulo em formato de chapas. “Estamos na Serra pelas oportunidades que o município oferece e por ser um importante parque industrial”, frisa Ribeiro.

No total, a Viminas gera 420 empregos. Segundo o diretor -presidente, 320 deles são na fábrica do Civit II, o restante nas filiais. O empresário lembra ainda que a empresa também gera empregos indiretos na Serra, pois demanda prestadoras de serviços instaladas na cidade nas áreas de serralheria, tornearia, manutenção elétrica e hidráulica, além de segurança patrimonial.

Comentários

Bruno Lyrahttps://www.portaltemponovo.com.br
Repórter do Tempo Novo há mais de 10 anos, Bruno Lyra escreve para diversas editorias do portal, principalmente Economia e Meio Ambiente, das quais é o responsável.

Mais notícias

Vidigal e Audifax correm atrás do PT visando tempo de TV na eleição

A possibilidade de a Justiça Eleitoral incluir a Serra na transmissão da propaganda eleitoral gratuita foi o start para uma corrida em busca do...

Depois de cinco dias sem água e sem comida cavalo é resgatado em bairro da Serra

Depois de cinco dias sem água e sem comida num terreno baldio de um bairro da Serra, um cavalo foi resgatado graças a um...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!