19.7 C
Serra
sábado, 28 maio - 2022
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 71.679 casos
  • 1.485 mortes
  • 69.752 curados

Estado alerta para baixa adesão de vacina contra a gripe e Serra fará mutirão no sábado sem agendamento

Leia também

Campanha de segurança de trânsito alcança 3 mil serranos

Desde o inicio deste mês, o Departamento Operacional de Trânsito (DOT), tendo em vista a campanha de conscientização de...

Polícia prende suspeitos de roubar carro com bebê e criança na frente de creche na Serra

A Policia Civil, por meio da Divisão Especializada de Furtos e Roubos de Veiculos, prendeu em flagrante um dos...

Lei torna hediondo crime praticado contra menores de 14 anos

O Presidente Jair Bolsonaro sancionou a Lei 14.344/2022 que cria mecanismos para a prevenção e o enfrentamento da violência...
Redação Jornal Tempo Novo com informações de assessoriahttps://www.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

A menos de um mês para o fim da 24ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza e da 8ª Campanha Nacional de Seguimento e Vacinação de Trabalhadores da Saúde contra o Sarampo, a Secretaria da Saúde (Sesa) alerta para a baixa adesão dos grupos prioritários, em especial aqueles que com metas vacinais a serem alcançadas. A baixa cobertura vacinal em crianças em ambas as campanhas é um dos destaques.

Neste sábado (14), das 8 às 16 horas, a Prefeitura da Serra vai seguir com sua programação de vacinação sem agendamento. Há oportunidades de imunização contra a Covid-19 para todos os públicos e doses; contra o vírus da gripe, para todos os públicos contemplados nesta segunda fase da campanha; contra o sarampo em crianças entre seis meses e menores de cinco anos e trabalhadores da saúde; e, também, as demais vacinas de rotina.

A vacinação acontecerá nas unidades de saúde de Feu Rosa; Jacaraípe;  Novo Horizonte;  Serra Dourada e São Marcos.

Além das unidades, a vacinação acontece também no shopping Montserrat, em Colina de Laranjeiras. No sábado, o serviço vai das 10h às 17 horas, no L2. Lá, estão sendo aplicados imunizantes contra a Covid-19 para todos os públicos e doses. Já par a gripe, a vacinação está sendo feita no grupo prioritário (confira no final da matéria as pessoas aptas a se imunizar contra a Influenza).

Mesmo com a antecipação da imunização no Espírito Santo e com a possibilidade de receberem as doses ao mesmo tempo, pouco mais de 18% da população infantil de seis meses a menores de 5 anos foi imunizada para Influenza e 17% contra o Sarampo.  A expectativa, segundo estimativa do Ministério da Saúde, é que 253.097 crianças nesta faixa etária sejam imunizadas ou que se cumpram a meta estabelecida pelo órgão federal de 90% de cobertura vacinal para gripe e 95% para sarampo. As campanhas acontecem até o dia 03 de junho.

A melhor cobertura até o momento para Influenza, mas ainda abaixo do ideal, é do grupo de idosos acima dos 60 anos, com 46,1%. Os trabalhadores da saúde, que iniciaram a imunização no mesmo período que os idosos, no dia 23 de março, somam 38,7%.

Para gestantes e puérperas, que iniciaram no dia 26 de abril, as coberturas são de 10,7% e 6,4%, respectivamente. E para povos indígenas e professores, grupos com metas vacinais que deram início no último dia 03 de maio, são de 8,9% e 2,3% respectivamente. Em relação ao Sarampo, apenas o grupo infantil há meta vacinal, não sendo válido para os trabalhadores da saúde.

Estimativas de doses aplicadas não alcançam média ideal

O Espírito Santo antecipou as campanhas de Influenza e Sarampo em relação às datas definidas pelo Ministério da Saúde aos grupos com metas vacinais, entretanto mesmo com dias a mais no calendário, as estimativas de doses aplicadas seguem abaixo da média.

Para as crianças, prioritárias em ambas as campanhas, a média para alcançar ao menos 90% da cobertura vacinal seria 5.840 doses por dia. Atualmente são aplicadas cerca de 2.960 de Influenza e 2.690 de Sarampo por dia.

Para os idosos, a média ideal de 7.300 doses por dia para contemplar os 90% do grupo contrapõe à média de pouco mais de 5.470 doses aplicadas diariamente. Já as puérperas têm a menor média atual de aplicação, com cerca de 26 doses por dia, quando o ideal para contemplar a cobertura vacinal de 90% seria de aproximadamente 150 doses/dia.

Grupos prioritários para vacinação da Influenza

* Idosos com 60 anos ou mais;

* Gestantes;

* Puérperas;

* Pessoas com comorbidades;

* Pessoas portadoras de deficiência permanente;

* Profissionais das Forças de Segurança e Salvamento;

* Profissionais das Forças Armadas;

* Professores;

* Caminhoneiros;

* Trabalhadores da saúde;

* Trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso;

* Trabalhador portuário;

* Funcionários do sistema prisional;

Redação Jornal Tempo Novo com informações de assessoriahttps://www.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!