Escritor de Jardim Limoeiro lança novo conto

0
Jean Nay possui mais de 300 contos e poesias. Foto: Joatan Alves
Jean Nay possui mais de 300 contos e poesias. Foto: Joatan Alves

O escritor Jean Nay Araújo Faria acaba de lançar seu mais novo conto: ‘Enquanto isso na sala de justiça…’.

De Jardim Limoeiro, Jean se inspira em grandes nomes da literatura brasileira para escrever suas poesias e contos.

O poeta serrano possui cem contos escritos e 300 poesias. A inspiração vem de temas fundamentais da vida como o amor e a morte. Ele tem 39 anos e conta que sua vontade de escrever surgiu quando ainda era pequeno.

Jean também possui dois blogspots: lojadaentropia.blogspot.com.br e muitoalemdagramatica.blogspot.com.br.

Confira o conto:

ENQUANTO ISSO NA SALA DE JUSTIÇA…

A DAMA SEM OLHOS É CURRADA NA FITA. NA BOCA SANGUE, NA MÃO PASTA DE COCAÍNA. É SÓ MAIS UM OTÁRIO QUE VAI TRABALHAR. É SÓ MAIS UM OTÁRIO PARA ELA JULGAR! ENQUANTO ISSO NA SALA DE JUSTIÇA, O PIÃO SE DEFENDE CONTRA O REI E A RAINHA; ELE SE LEVANTA POR SI MESMO, ESSA É SUA SINA. TRABALHADOR, REPASSA MAS NÃO VIVE DISSO, ELE LUTA A FAVOR DA VIDA CONTRA A MORTE LTDA; O ESTADO; A IGREJA E A POLÍCIA. O HOMEM LIVRE FOI A JULGAMENTO SUA FICHA NO ENTANTO ESTÁ LIMPA. QUEREM EXTERMINÁ-LO E O CORO GRITA E GRITA MAS ELE SE LEVANTA E CAMINHA NA BRITA, NO FOGO POTENTE QUEIMA A PIRA E PIRA E GIRA GIRA TAL QUAL A POMBA GIRA E LIBERTA O PIÃO QUE SE FAZ SEU SENHOR CONTRA TUDO E CONTRA TODOS ELE NEM OS EVITA. FAZ MAIS UMA PIPA, SEM MEDO LEVITA, SEU CORPO ELE CITA, NÃO NEGA SUA MÃO, SUA ESCRITA; QUE ETERNA, ROMANA; AFRICANA É SINISTRA. E TAMBÉM POTENTE + NO TRIBUNAL ELE É JULGADO COMO UM BONECO; SANTO, BRANCO E MANCO, E O CORO CRISTÃO DE INVEJA CHORA E GEME E GRITA! MAS ELE SE LIBERTA PELO PODER IMBUÍDO; SUA ARMA É O SEU CORPO; SUA ARMA É SUA MENTE E TAMBÉM É SEMENTE, COM AS QUAIS ELE SENTE CRESCER SUA MINA. JAMAIS UM GUERREIRO SE SABOTARIA; SEU BELO CORPO DE ARGILA, SAGRADO, COMO UMA AMETISTA. ELE É A ARMA DO POVO E NÃO SE ENVENENA COM A CRUZ DA ARACRUZ, OU SOUZA CRUZ, ELE COME E BEBE ALCAÇUZ. CONTRA TODOS OS PATRÕES E PADRÕES LÁ VAI O ARTISTA, CAVALGA O ARTISTA, DANÇANDO ELE É A ARMA DO POVO E NUNCA VAI DEIXAR SEU CORPO, SERVIR DE ISCA PARA A INDÚSTRIA DAS DROGAS, TABACO, TV OU SAMBISTA, ELE É UM PUBLICISTA, UM NEGRO ORGULHOSO, QUE SE LEMBRA DA ÁFRICA, VIVA NA VIDA, UMA ESTRADA, SUA LIDA, O MAR TENEBROSO O MISTERIO PROFUNDO. ELE AINDA ASSIM NÃO QUER VINGANÇA, POR ISSO A JUSTIÇA É LINDA, COM SEU IRMÃO, ELE VÊ TODA SUA FAMÍLIA, NA ESTRADA PARA ROMA, MECA OU BRASÍLIA. ATRAVÉS DA ESTORYA, ELE VÊ ATÉ TROIA. REVESTIDO DE PODERES ANCESTRAIS, O HOMEM PRIMORDIAL NA CADEIA MEDITA, E SUA PRÓPRIA VERDADE VERACIDADE QUE É UMA AMEAÇA ELE EDITA E SEU PRÓPRIO LIVRO NÃO PRECISA DE ARTIGO, ESMOLA DE COMPANYA… SEU COMPANHEIRO INVISÍVEL VISITA TODOS OS TEMPOS DA ESTORYA, BASTARDA, FALSA E FERIDA. NO EGITO ELE ESTAVA E LÁ ERA SEU REI; CENTRO DO MUNDO; ONDE O NEGRO É A LEI! MAS AGORA QUEREM JULGÁ-LO À REVELIA APESAR DE ESTAR PRESENTE. NINGUEM TE ALIVIA, MAS NINGUÉM TE VIGIA ÉS TEU PRÓPRIO ESCRAVO, SUA MENTE É UM LABIRINTO; “DEIXA PRA LÁ ME BRUTALIZA ME DÁ WALL MART TV E MILÍCIA”. AGORA, ANESTESIADO, ELE NÃO FOGE DA JAULA, É SÓ + UM BANDO… TIPO ARTIGO, ARQUÉTIPO, LINGUAGEM DOMINANTE, CODIFICADA, SEMÂNTICA DE ELITE PARA TE FAZER ESQUECER QUEM DE VERDADE TU ÉS. SER EM SI, HOMEM POTENTE, PONTE LIVRE QUE RI, ATÉ DA MORTE ELE RI, CANTA O COLIBRI,… SEU HARÉM É VERTENTE, SUA MÃO É SUAVE, SUA AMANTE É A CARNE E TODOS LHE FAZEM IR… MULHERES E AMIGAS NA FLORESTA, TE ENSINAM A SER UM GURI MAS QUE MANDA EM SI, SUA TRIBO É TAMBÉM CAMINHO, UM RIO, UM COMPANHEIRO; O SILÊNCIO É UM BÁLSAMO NA LÍNGUA DE UM GUERREIRO, SEJA TUPI GUARANI, BANTO OU SERINGUEIRO. A LÍNGUA DO POVO É UM CORTE NO ESPELHO. TERROR DO BURGUÊS, HORROR do dinheiro… CHAMEM TODOS PARA VER O JULGAMENTO DAQUELE HOMEM PRETO! NÃO TEM TEMPO EM QUE HÁ VERGONHA DESSE TERMO, NÃO HÁ VERGONHA EM SER PRETO, HÁ ORGULHO EM SER PRETO! VERGONHA É SER DESBOTADO, DEBOCHADO É O DINHEIRO QUE CLAMA A TODOS EM CHAMA, E CHAMA PARA O TELEDRAMA UMA TELETRAMA, VIRÃO TODOS PRA VER O PRATICANTE DO MAL, PANACEIA BRUTAL. O TERRORISTA MALABARISTA E ARTISTA TRAFICANTE DE SAL, DANÇANDO NO DORSO DO ELEFANTE, PRA JOGAR PEDRA NO NEGRINHO, PARA DEVORAR O FARSANTE… SOBRA DE GRADE, VERDADE NO ARAME, ELE É A SOMBRA DO VASO, PERDEDOR DE ÉBANO, SOMBRA DE UM PASSADO, LADO NEGATIVO DA FOTO, É UM FATO, NÃO ME ENFADO MAS VAI-TE DAQUI VERME! ÉS SÓ UM MACACO INATO E ERRO CRASSO INVOLUÇAO DO FRACASSO, LHE APONTAM EM RISTE O CORO DOS DEGREDADOS, VINDOS DA ÁFRICA: “SÃO MEUS IRMÃOS, MEU PECADO! MEU PRÓPRIO SANGUE ME RENEGA, POR UMA ESMOLA, UM PUNHADO, ELES ME APUNHALAM, MEUS PRÓPRIOS IRMÃOS ME DELATAM…! UM PUNHAL QUE ME FERE COMO AÇO!… ELES ME ACUSAM EM FAVOR DO PATRÃO, SÓ PRA VER O ESPETÁCULO DO JULGAMENTO DO PRIMEIRO JOÃO. MAS MAL SABEM ELES… ELE TAMBÉM É UM LEÃO! NA TRIBUNA O RÉU É SÓ + UM IRMÃO DO DINHEIRO, AGORA É O MEU TEMPO”,… SUA MÃO VAI SER SEU GUIA POR TODOS OS DEUSES ESPADA NA MÃO… OS IRMÃOS QUE ESTÃO PRESTES A MORRER VOS SAÚDAM; CORTA A CABEÇA DO MAL! DRAGÃO DO CAPITAL. ELE TEM FALA E SUA FALA É SEU PODER. EM SEU PODER, ELE PODE VERTER E INVERTER A LÓGICA DO “TER”. E NUNCA MAIS PERDER DE VISTA O CÉU RISCADO POR UM AMANTE DA GRAVIDADE, COM GRAVIDADE LEVITA O PÁSSARO O JULGAMENTO DO NEGRO INVERTE A VERDADE. SUBVERTE A MALDADE. AGORA, ELE SE DEITA: A ÁFRICA VAI SER LEMBRADA,… E MUDARÁ SUA GUERRA PARA DENTRO DE CASA, NA MÃO DO ORIXÁ, NO MAR DE IEMANJÁ; ELE E SUA IRMÃ NÃO FOGEM DAQUI, ELES O TRANCAM, E AMEAÇAM,… POIS SE ELE SE LEVANTA O TECNOCRATA SE AFASTA. TOMAR O PODER, SUBVERTER A JUSTIÇA… O MODELO TÁ MORTO MAS A MAKINA JAZ NO SILÊNCIO, NÃO PODE ELA FALAR, NÃO SE COMPRAZ. O HOMEM NEGRO É LIVRE, ELE NASCEU LIVRE… ELE FAZ SUA PAZ! ELE NÃO TEME O MODELO, ELE SE FAZ POR INTEIRO, ELE ABENÇOA E TAMBÉM É GUERREIRO. UMA FORÇA CONTRÁRIA, JOGADO NO ABISMO ELE SABE QUE SIM NÃO TEM NEM + MEDO, A MORTE É DETALHE, ELE NÃO APONTA O DEDO… E O CORO ROMANO CHORA GEME E GRITA! MAS SIM! EM ALTIVEZ ELE NÃO SE LIMITA À MENTIRA DA MORTE, A ORDEM DA IGREJA, A IMPOTÊNCIA DO ESTADO E A INVEJA DA POLÍCIA. UM HOMEM FELIZ NÃO PRECISA DE ESPELHO, ELE SE VÊ NO OUTRO SE ENTREGA INTEIRO, É LEAO, E COYOTE, É GUERREIRO, TIGRE AFRICANO, LAR DOS PEREGRINOS… SUA FORÇA SE FAZ NOS TRIBUNAIS BRASILEIROS, O HOMEM LIVRE É ENTROPIA… E COPULA COM A VIDA, COM A DAMA, COM A NATUREZA. AMA O MUNDO INTEIRO… ELE SE FAZ PRIMEIRO, E OLHA SEMPRE PRO LADO PARA SEUS COMPANHEIROS… QUANDO O DESTINO SE VIU POR ELE DESTERRADO, UM NOME ANÔNIMO, SEM FACE, UM HOMEM SEM MEDO. PREVIRAM PRA ELE: CADEIA, HOSPITAL PSIQUIATRICO, CEMITÉRIO. TRIBUNAL… O HOMEM LIVRE É NEGRO, E INDIO E BRANCO E MULHER. É CRIANÇA, NÃO ACEITA O MODELO… É MENDIGO, É VICIADO É PROSTITUTA. O SER HUMANO FOI SEQUESTRADO PELA XUXA! ENGANADO NO BANHEIRO. “DE MONSTRO NÃO TENHO MEDO”. EU ME LEVANTO SIM NA CADEIRA POR INTEIRO.! DE RÉU, MAS QUANDO VIER NOSSO TEMPO, SEREI EU MEU PRÓPRIO REI! NUMA CABANA, NA TRIBO SEM SEM MAIS NENHUM MURO, VERGONHA DE UM POVO, SUBMETIDO AO FORNO DA FUNDIÇÃO DE SOL A SOL É SÓ FUDIÇÃO. FODE A TODOS POR INTEIRO,… O CIDADÃO DO ANO ESTÁ MORTO É CADAVER NÃO SABE PORQUE, TALVEZ POR CRISTO, OU AO VER TV… ELE NÃO SE ENXERGA. AQUELA NÃO É SUA VIDA, TE COMPRAM TE VENDEM, COMO ESCRAVO; NA VILA; NA VIDA: “MAS SENHORA JUÍZA – COM RESPEITO EU PODE SER NEGRO, EU SOU FAVELADO, EU NÃO TENHO DINHEIRO, MAS EU ME LEVANTO,… E MINHA CADEIRA É UM TRONO. EU SOU UM GUEREIRO; E PELO PODER DO TIGRE AFRICANO, EU TE ORDENO: LEVANTA E ANDA! A LIBERDADE É DE GRAÇA!”. VIVA, VIVA, VIVA… PRETO PRETO PRETO! NÃO SE AMOFINA! NÃO SE ACOVARDA! (NÃO É O LADRÃO DE VERMELHO… NÃO ATACA DE COSTAS POR MEDO, COM PUNHAL DE JUDAS ELEITO CRISTÃO NO CELEIRO.!) QUE PALAVRA BUNITA, TE VEJO TÃO BELO, NA ESTRADA DA VIDA. QUE VIVA, VIVA E VIVA! {E O RESTO,… SÃO SEGREDOS,… INSONDÁVEIS, PARA O CORAÇÃO DE TODO HOMEM BRANCO…} O SILÊNCIO É UM BÁLSAMO. TE VEJO DO OUTRO LADO,. A LIBERDADE BATE À PORTA, (JÁ VEJO A SÁIDA, ESTICO MINHA MÃO EM DIREÇÃO A SAÍDA, MINHA MÃO FERIDA.) MAS MEU CORPO ESFACELADO,… NÃO CONSIGO ALCANÇAR A SAÍDA, ATIRARAM EM MIM MAS EU NÃO REAGI,!… SE VAI VAI COMO ÁGUA A ESPARGIR, COMO UM BARCO A MUGIR. “ME CHAMAM AS VOZES, TENHO DE IR,… MARIA TE AMO, NÃO ESQUEÇAS DE MIM. TE VEJO, ME TOCANDO ME ABENÇOA, MEU AMADO,… É O NOSSO FIM.

 

Comentários