• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 35.066 casos
  • 699 mortes
  • 33.566 curados
26.8 C
Serra
sábado, 23 janeiro - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 35.066 casos
  • 699 mortes
  • 33.566 curados

Em meio à pandemia, capixabas enfrentam ônibus do Transcol lotados

Leia também

Serra já vacinou 644 moradores contra a Covid-19 e campanha continua nesta sexta

Desde a última segunda-feira (18), a Serra já vacinou 644 pessoas com a primeira dose do imunizante contra o...

Jair Reis, morador antigo de Jacaraípe, morre por complicações da Covid-19

A pandemia de coronavírus fez a Serra perder mais um ilustre morador. Trata-se de Jair Reis que não resistiu...

Contarato diz que chefe do Ministério Público atua como ‘advogado de Bolsonaro’

O posicionamento considerado ‘omisso’ do Procurador-Geral da República, Augusto Aras, sobre a conduta de Jair Bolsonaro na crise sanitária...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Ônibus lotado na manhã desta segunda-feira. Foto: Paulo Júnior

Uma das orientações do Governo do Estado, para conter o avanço do coronavírus no Espírito Santo, é evitar aglomerações de pessoas. Essa regra não se aplica nos ônibus do sistema Transcol. A manhã desta segunda-feira (23) começou com os coletivos lotados de passageiros, que foram obrigados a dividir o mesmo espaço com muitas pessoas, e em alguns casos, com pouca circulação de ar.

Em meio à pandemia da Covid-19, o governador Renato Casagrande (PSB) está determinando várias medidas para conter o avanço da doença. Uma delas é a diminuição da frota de ônibus, que está circulando com 50% dos ônibus em horários de picos e 30% em horários normais. De acordo com Casagrande, houve uma diminuição no número de passageiros e isso deve cair ainda mais.

No entanto, internautas do TEMPO NOVO relataram uma situação diferente: filas imensas e coletivos lotados. Alguns passageiros até desistiram e tiveram que voltar para suas residências. É o caso da Cristiane Lacerda. “Não tem condições de utilizar o Transcol. Voltei para casa, pois a frota diminuiu, mas a população continua a mesma”, relata a moradora da Serra.

A reclamação também é dos rodoviários. Um dos funcionários, que não quis de identificar por medo de represálias, afirmou que os ônibus estão saindo lotados dos terminais.  “O Governo determinou que os coletivos saíssem com metade da lotação e todos sentados, mas isso não está ocorrendo. Todo mundo entra e o ônibus fica igual uma sardinha”, denuncia o trabalhador.

O TEMPO NOVO entrou em contato com a Ceturb para que a companhia comente o assunto. Assim que a demanda for respondida, essa matéria será atualizada com mais informações.

Casos confirmados no Espírito Santo

Informação contidas no 24º boletim expedido pelo Governo do Estado, dos 26 pacientes que tiveram a confirmação do coronavírus, cinco já foram curados. No ES ao todo são 696 casos suspeitos que estão em investigação, sendo que 127 estão na Serra. Entretanto, ainda não houve nenhum caso confirmado no município.

As cidade que tiveram pessoas confirmadas com o coronavírus são: Vitória e Vila Velha, com 11 casos cada um; Linhares registrou 2; e Cariacica e Cachoeiro de Itapemirim com um caso cada.

Dos 26 confirmado, 15 deles estão em isolamento residencial, seis estão internados no Hospital Jayme Santos Neves e os restantes estão em hospitais de Vitória. Desse total, dois pacientes estão em estado mais preocupantes e se encontram internados em UTI.

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!