25.3 C
Serra
sábado, 30 de Maio de 2020

Em estado crítico, palmeira centenária será retirada de praça em Serra Sede

Leia também

Mais de 60 vagas de emprego no Sine da Serra na segunda (1)

Se você está procurando emprego o  Sine da Serra não está realizando atendimento presencial ao público, mas continua captando...

Em entrevista, Audifax fala sobre medidas de combate ao coronavírus na Serra

A Serra tem tomado uma série de medidas em combate ao coronavírus (Covid-19), que vão desde a distribuição de...

Com 569 mortes por Covid-19, Estado investiga outros 41 óbitos suspeitos

Quarenta e um óbitos estão sendo investigados no ES para saber se as pessoas morreram de Covid-19. O Espírito...
Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

Praça Dr. Pedro Feu Rosa, em frente ao antigo prédio da Prefeitura. Palmeira será substituída, pois oferece risco a pedestres e moradores. (Foto: Divulgação/PMS)

Em estado crítico, com riscos até de cair, uma palmeira imperial centenária e com 20 metros de altura será retirada da praça Drº Pedro Feu Rosa, em Serra Sede, bem em frente ao antigo prédio da Prefeitura Municipal. O local é um dos mais movimentados do centro da cidade e cercado de lojas, bancos e prédios da administração pública.

O procedimento, segundo a própria Prefeitura, está marcado para o próximo domingo (25). Fora feitos estudos por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) com o propósito de restaurar a palmeira. No entanto, foi constatado que, devido às condições da árvore, não há recuperação.

Nesse caso, ela será substituída por outra. Quanto às demais árvores da mesma praça, por onde passam centenas de pessoas todos os dias, a Prefeitura garante que “estão saudáveis e não há risco de queda”.

Morador do local desde 1945, seu Galbo Benedito Nascimento é testemunha viva das mudanças pelas quais a Sede do município já atravessou de lá para cá. Ele lembra que as palmeiras encontradas em frente ao antigo prédio da Prefeitura foram plantadas no ano de 1938, quando um trabalho de arborização da hoje Avenida Getúlio Vargas trouxe árvores como o pinheiro, intercalados com jambeiros.

O portal TEMPO NOVO divulgou matéria a respeito do assunto aqui na coluna “Pronto, Flagrei!”, após receber denúncias de moradores preocupados com a situação precária da mesma palmeira, agora prestes a ser retirada da praça.

Comentários

Mais notícias

Em entrevista, Audifax fala sobre medidas de combate ao coronavírus na Serra

A Serra tem tomado uma série de medidas em combate ao coronavírus (Covid-19), que vão desde a distribuição de máscaras e kits de limpeza...

Com 569 mortes por Covid-19, Estado investiga outros 41 óbitos suspeitos

Quarenta e um óbitos estão sendo investigados no ES para saber se as pessoas morreram de Covid-19. O Espírito Santo tem hoje (29), até...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!