• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 63.562 casos
  • 1.352 mortes
  • 61.622 curados
20.7 C
Serra
sábado, 12 junho - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 63.562 casos
  • 1.352 mortes
  • 61.622 curados

Em 30 dias, Materno Infantil da Serra já salvou a vida de 82 pessoas com Covid-19

Leia também

Ministro de Bolsonaro cita a Serra e divulga vídeo da obra do Contorno do Mestre Álvaro

Na última sexta-feira (11) o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas publicou um vídeo em suas redes sociais,...

Atenção: Serra ainda tem vagas para vacinas de Covid (1° e 2° dose) e Influenza

A Prefeitura Municipal da Serra, por meio da secretaria de Saúde, informa que das vagas abertas nesta sexta-feira (11),...

Serra retoma aulas presenciais para 14 mil alunos do 6º ao 9º ano e EJA

  As atividades para os alunos da rede municipal de educação da Serra que estão cursando entre o 6º e...
Redação Jornal Tempo Novo com informações de assessoriahttps://www.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

No total, 107 pacientes foram atendidos no Materno Infantil. Foto: Divulgação

107 pacientes com Covid-19 já foram atendidos no Hospital Materno Infantil da Serra, em Colina de Laranjeiras, desde a sua abertura no da 7 de abril. O hospital que está sendo chamado temporário de ‘Anexo Jayme” e dos 107 pacientes atendidos no local, 82 receberam alta hospitalar.

O Hospital Materno Infantil da Serra começou a funcionar no dia 07 de abril como unidade de tratamento do novo Coronavírus (Covid-19). A unidade foi construída pela Prefeitura Municipal da Serra e transferida para a gestão do Governo do Estado, no ano passado.

A unidade ofertava, inicialmente, 30 leitos de enfermaria exclusivos para o tratamento de pacientes diagnosticados com o novo Coronavírus (Covid-19). Um mês depois, o “Anexo Jayme” conta com 60 leitos, 30 leitos de enfermaria a mais.

Segundo o subsecretário de Estado de Regulação, Controle e Avaliação em Saúde, Gleikson Barbosa dos Santos, esta ampliação, que faz parte da política estadual de ampliação de leitos por meio do programa “Leitos para Todos”, vem auxiliando o Espírito Santo dia a dia no enfrentamento à pandemia. “São leitos que tem sido fundamentais para o enfrentamento da Covid-19 em nosso Estado”, disse.

O diretor-geral do Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves, Joubert Silva, destacou que toda equipe “tem trabalhado incansavelmente para atender a todos que precisam do Sistema Único de Saúde”. “Hoje, um mês depois, contamos com 60 leitos, 30 leitos de enfermaria a mais. É um trabalho que exige comprometimento e dedicação”, garantiu o diretor-geral do Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves, Joubert Silva.

Um dos pacientes foi Sebastião Antônio Entringer, de 52 anos, que se despediu da equipe, nessa quarta-feira (05). Ele foi transferido para o Anexo Jayme no dia 1º de maio, após 28 dias internado no Hospital Dr. Jayme. “Meu quadro foi muito grave. Precisei ser intubado e pensei que não fosse resistir, mas graças a Deus e a essa equipe estou indo para casa. Vou voltar para a minha família. Sou muito grato por tudo o que vocês fizeram por mim”, agradeceu emocionado.

Aebes

A Associação Evangélica Beneficente Espírito-Santense (Aebes) é a Organização Social (OS) gestora do Hospital Materno Infantil da Serra. Ela é responsável pela contratação da equipe médica e corpo administrativo da unidade. Toda mobilização de recursos humanos será realizada por meio da OS.

O Anexo Jayme integra a estrutura do Hospital Estadual Dr. Jayme Santos Neves, que é a referência para os casos graves e potencialmente graves do novo Coronavírus (Covid-19), sendo um dos maiores centros de tratamento da doença na América Latina. As unidades contam hoje com 258 leitos de terapia intensiva (UTI) e 116 leitos de enfermaria, exclusivos para a Covid-19.

Redação Jornal Tempo Novo com informações de assessoriahttps://www.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!