25 C
Serra
sábado, 05 de dezembro de 2020

Em 24 horas, Serra registra 210 novos casos e duas mortes por Covid-19

Leia também

Prefeitura diz que dinheiro em caixa é maior do que dívida consolidada

A gestão atual da Prefeitura da Serra está prometendo deixar o comando do Município com R$ 485.907.651,01 de dinheiro...

Vidigal define equipe para transição de governo. Veja quem são os escolhidos

Após ser escolhido para ser o prefeito da Serra pelos próximos quatro anos, Sérgio Vidigal (PDT) já montou a...

Vice-prefeito eleito cancela agendas após esposa testar positivo para coronavírus

O vice-prefeito eleito da Serra, Thiago Menezes Carrero (Cidadania), cancelou suas agendas externas para os próximos dias. A decisão...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

A cidade continua registrando alta no número de casos e mortes por coronavírus. Foto: Gabriel Almeida

Sendo uma das cidades capixabas mais afetadas pela pandemia do coronavírus, a Serra registrou, em apenas 24 horas, 210 novos casos confirmados e outras duas mortes causadas por complicações da Covid-19. Agora, após a última atualização divulgada pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), no fim da tarde desta segunda-feira (19), o município volta a ser o segundo que mais registrou óbitos no Espírito Santo. Enquanto isso, aglomerações seguem ocorrendo em bares e praias da cidade, além de bailes clandestinos e superlotação de espaços públicos.

Segundo os números da Sesa, no total, já são 17.997 moradores infectados, 525 mortos e 17.022 pacientes considerados curados do coronavírus. Apesar da taxa de letalidade ter diminuído nos últimos meses, a situação ainda preocupa as autoridades de saúde, já que os fins de semana têm sido de muitas aglomerações em praias, bares e outros locais das cidades capixabas e isso pode ocasionar um novo aumento de casos fatais e internações, ou seja, uma segunda onda da doença.

Ainda de acordo com a Secretaria de Saúde, existem outros 23.045 moradores do município que podem estar infectados pelo coronavírus. Acontece, que no momento, eles aguardam o resultado dos testes já realizados. A taxa de letalidade da doença na cidade é de 2,9%. É importante lembrar que desde o início da pandemia, a Serra sempre esteve entre as cidades mais afetadas pela doença, inclusive chegou a liderar o número de óbitos por várias semanas consecutivas.

Panorama de bairros da cidade

Os bairros da cidade com o maior número de óbitos são: Feu Rosa (26), Bairro das Laranjeiras (26), Nova Carapina I (21), Vila Nova de Colares (20), Cidade Continental (18), José de Anchieta I (17), Barcelona (16) e Parque Residencial Laranjeiras (16). Das mortes na cidade, a grande parte é de idosos ou pessoas com comorbidades, mas também houve registro de moradores mais jovens, com 32 e 43 anos. Nesse caso, sem informações sobre comorbidades.

Colina de Laranjeiras é o bairro com maior número de casos confirmados de coronavírus na Serra e já tem 863 confirmações. Em segundo lugar vem Feu Rosa, com 721. Ainda conforme apurado pelo TEMPO NOVO, no Painel Covid-19 – espaço onde o Estado contabiliza os dados do novo coronavírus – o Espírito Santo tem, no total, 145.415 confirmações, 3.728 mortes e 134.358 curados.

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!