• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 33.518 casos
  • 683 mortes
  • 32.183 curados
26.1 C
Serra
domingo, 17 janeiro - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 33.518 casos
  • 683 mortes
  • 32.186 curados

É da Serra a melhor paratleta do tiro esportivo do Brasil

Leia também

ES recebe 1,5 milhão de seringas para vacinação contra a Covid-19

Chegou ao Estado na manhã deste sábado (16), a primeira remessa de 1,5 milhão de seringas que serão utilizadas...

Advogado mata adolescente que tentava assaltar mulher na Serra

Um adolescente foi morto, na tarde desta sexta-feira (15), ao tentar assaltar uma mulher na avenida Talma Rodrigues Ribeiro,...

Prefeitura fiscaliza bares para flagrar aglomeração e conter Covid-19 na Serra

Pensando em conter o avanço do coronavírus e conscientizar a população, a Prefeitura da Serra está intensificando ações de...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há 25 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

O paratleta Eloisa é moradora de Jacaraípe e tem 36 anos. Foto: ArquivoTN/Fábio Barcelos

A paratleta Eloisa Miranda Fernandes conquistou mais um título no último final de semana. Em terras cariocas, a serrana conquistou o título feminino do Campeonato Brasileiro da modalidade na categoria Pistola de Ar.

A disputa aconteceu no Centro Militar de Tiro Esportivo, palco provas nas Olimpíadas do Rio de Janeiro. No Brasileiro, Eloisa também trouxe para casa o vice-campeonato na Prova Mista de 10mm e bronze na Prova Mista Pistola Sport 25mm.

Participaram do torneio cerca de cinquenta atletas de diversos estados brasileiros como Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro e Mato Grosso. “Visto que é a competição mais importante do ano a disputa foi bem acirrada. Consegui me sagrar campeã brasileira na prova feminina ficando em primeiro lugar no ranking e segundo no ranking de provas mistas. Estou muito feliz com os resultados. Agora aguardo o calendário de 2020”, destaca a paratleta.

Eloisa irá descansar do tiro e volta à ativa somente em janeiro. “Descansar também é treinar”.

A paratleta tem de 36 anos e mora em Jacaraípe. Normalmente Eloisa treina três vezes por semana no Clube Álvares Cabral, do qual ela faz parte, e duas vezes em Jardim Carapina.

Eloisa tem paraparesia – que é a perda parcial dos movimentos nos membros inferiores – e pratica o tiro esportivo há cinco anos. A serrana realiza diversas provas no tiro esportivo: Pistola de ar Feminino, em que ficou na 1ª colocação no ranking nacional em 2018; Pistola Standard, com a 2ª colocação no ranking do mesmo ano; Pistola Sport 25m, em que foi a 2ª colocada também no ano passado; e Pistola Livre 50m.

A paratleta é do Álvares Cabral e luta para que o tiro esportivo seja reconhecido no ES e no país.

Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há 25 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!