24.3 C
Serra
sexta-feira, 18 de setembro de 2020

Dos 1.466 casos confirmados, 472 pacientes da Serra já foram curados da Covid-19

Leia também

Bruno Lamas e Guilherme Lima formam chapa puro sangue rumo a disputa pela prefeitura

O deputado estadual Bruno Lamas (PSB) definiu uma chapa puro-sangue para a disputa da Prefeitura da Serra. O nome...

Vândalos destroem horta e jardim de unidade de saúde da Serra

Funcionários da unidade de saúde de Jardim Tropical, na Serra, tomaram um susto ao chegar ao trabalho hoje (18)...

Médico do Jayme e morador de Jacaraípe, dr. Afonso Pimenta é o vice de Vandinho

Com 27 anos de profissão dedicados aos serranos, cirurgião quer ajudar a melhorar o sistema de saúde da cidade. O...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Na foto, UTI do Hospital Jayme dos Santos Neves, que é referência no atendimento ao coronavírus. Foto: Divulgação / Sesa

Dos 1.466 casos confirmados de coronavírus na Serra, 472 pacientes já estão curados da doença. A afirmação é da Secretaria de Estado da Saúde que já registrou 89 mortes pela Covid-19 no município. Em todo o Espírito Santo, são 7.693 casos confirmados, 3.209 curados e 325 óbitos causados pelo vírus.

Ainda segundo informações divulgadas pela Secretaria da Saúde, o Estado já registra casos de transmissão comunitária da doença, ou seja, quando não há como identificar a origem da contaminação. O bairro da Serra com maior número de casos continua sendo Colina de Laranjeiras, que já possui 86 casos confirmados. Em seguida, vem Morada de Laranjeiras, com 76 confirmações.

Sobre os pacientes curados, o Governo do Estado não passou muitos detalhes e afirma que dados pessoais dos pacientes são invioláveis. Conforme noticiado pelo TEMPO NOVO, a Serra continua sendo a cidade com maior registro de óbitos causados pela Covid-19. Em apenas 24 horas, o município registrou sete novas mortes. Segundo dados mais recentes, o município contabiliza 89 óbitos. Dos óbitos registrados nesta terça-feira, o Governo do Estado não passou informações sobre as vítimas.

Dessa forma, não há como dizer se os mortos eram do grupo de risco e em quais hospitais estavam internados. A Sesa afirmou apenas que os sete óbitos são de moradores da cidade serrana. Vila Nova de Colares é a comunidade com o maior número de óbitos na Serra, já são sete moradores mortos. As comunidades periféricas da cidade são as com mais registros fatais.

Comentários

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Mais notícias

Vândalos destroem horta e jardim de unidade de saúde da Serra

Funcionários da unidade de saúde de Jardim Tropical, na Serra, tomaram um susto ao chegar ao trabalho hoje (18) pela manhã. É que a horta...

Médico do Jayme e morador de Jacaraípe, dr. Afonso Pimenta é o vice de Vandinho

Com 27 anos de profissão dedicados aos serranos, cirurgião quer ajudar a melhorar o sistema de saúde da cidade. O médico cirurgião Afonso Carlos Vanzo...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!