23.2 C
Serra
terça-feira, 22 de setembro de 2020

Covid-19: 105 moradores da Serra já estão curados da doença

Leia também

Quer emprego? Sine da Serra abre 166 novas vagas de trabalho nesta terça

Com oportunidades para diversas profissões, a terça-feira (22) chegou recheada de novas vagas de emprego no Sine da Serra....

Casagrande critica Bolsonaro por “negacionismo” de incêndios no Brasil

Em meio a incêndios que destroem o Pantanal e a Amazônia no Brasil, o governador Renato Casagrande (PSB), criticou,...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Na foto, UTI do Hospital Jayme dos Santos Neves, que é referência no atendimento ao coronavírus. Foto: Divulgação / Sesa

Dos 417 casos confirmados de coronavírus na Serra, 105 pacientes já estão curados da doença. A afirmação é da Secretaria de Estado da Saúde que já registrou 22 mortes pela Covid-19 no município. Em todo o Espírito Santo, são 1.819 casos confirmados, 481 curados e 57 óbitos causados pelo vírus. Os dados foram atualizados na noite do último domingo (26).

Ainda segundo informações divulgadas pela Secretaria da Saúde, o Estado já registra casos de transmissão comunitária da doença, ou seja, quando não há como identificar a origem da contaminação. O bairro da cidade com maior número de casos continua sendo Colina de Laranjeiras, que já possui 38 casos confirmados. Em seguida, vem Morada de Laranjeiras, com 23 confirmações.

Sobre os pacientes curados, o Governo do Estado não passou muitos detalhes e afirma que dados pessoais dos pacientes são invioláveis. Conforme noticiado pelo TEMPO NOVO, em apenas 24 horas, a Serra registrou três novas mortes causadas pela Covid-19.

Todos os três novos óbitos são de homens que possuíam comorbidades. Um tinha 80 anos, o outro 58 anos e o último tinha 69 anos. A Sesa não informou de quais bairros eram as vítimas e nem em qual hospital elas estavam internadas. No total, a Serra já registrou 22 mortes.

O TEMPO NOVO conseguiu apurar que, na Serra, já morreram moradores das seguintes comunidades: Morada de Laranjeiras, Valparaíso, Bairros das Laranjeiras, Cidade Continental, Jardim Tropical, José de Anchieta I, Cidade de Pomar, Nova Carapina I, Parque Residencial Tubarão, Planalto Serrano, Alterosas, Central Carapina, São Domingos e Conjunto Carapina I.

Comentários

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Mais notícias

Casagrande critica Bolsonaro por “negacionismo” de incêndios no Brasil

Em meio a incêndios que destroem o Pantanal e a Amazônia no Brasil, o governador Renato Casagrande (PSB), criticou, nesta segunda-feira (21), o "negacionismo"...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!