• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 57.848 casos
  • 1.210 mortes
  • 55.783 curados
24.7 C
Serra
quarta-feira, 12 maio - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 57.848 casos
  • 1.210 mortes
  • 55.783 curados

Correios limpam e prometem cercar terreno na entrada de Laranjeiras

Leia também

Em 24h, Serra perde mais 9 moradores para o coronavírus e registra 322 novos infectados

A Serra atingiu, no final da tarde desta quarta-feira (12), a triste marca de 1.210 moradores que morreram por...

Prefeitura da Serra abre 3.500 vagas para vacinação contra gripe nesta quarta

A Prefeitura da Serra, através da Secretaria Municipal de Saúde (Sesa), vai abrir 3.500 novas vagas de vacinação contra...

Parceria entre Prefeitura e Sebrae quer capacitar lideranças e contribuir para o turismo da Serra

Fortalecer municípios que possuem pontos turísticos no Espírito Santo. Esta é a intenção da parceria que o Sebrae está...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

A área sempre foi muito visada, principalmente por ficar situada numa região valorizada comercialmente. Foto: Gabriel Almeida | Arquivo Tempo Novo

Os Correios iniciaram, nesta semana, a limpeza de um terreno que fica às margens da BR-101, na entrada de Parque Residencial Laranjeiras, na Serra. O espaço estava tomado por mato, lixo, outdoors irregulares e servia como ponto para usuários de drogas. A área sempre foi muito visada, principalmente por ficar situada numa região valorizada comercialmente, além de ser próxima de shoppings, supermercados e outros estabelecimentos.

Logo que a limpeza foi iniciada, motoristas e moradores que passaram em frente o espaço, que fica entre a BR-101 e Avenida Eudes Eldes Scherrer Souza, ficaram curiosos para saber se algo seria construído.

O TEMPO NOVO, por exemplo, recebeu diversas mensagens de internautas questionando o que seria feito no terreno. E para esclarecer as informações, a reportagem foi atrás dos Correios – que são os responsáveis pela área.

De acordo com a assessoria, os Correios realmente estão realizando manutenção no imóvel próprio situado às margens da BR-101. A nota enviada a reportagem diz ainda que está ocorrendo a limpeza com a retirada de entulho despejado no local indevidamente e a retirada de placas de outdoor instaladas por terceiros sem a autorização dos Correios.

Para evitar que situações como essa ocorram novamente, a empresa prometeu cercar o terreno assim que a etapa de limpeza ser finalizada. Vale lembrar, que há alguns anos, foi cogitada a possibilidade de construir um centro de distribuição dos Correios na área. No entanto, a proposta não saiu do papel até o momento.

Ponto de usuários de drogas

A principal reclamação de quem trabalha ou mora nas proximidades do terreno é a falta de segurança gerada pelo matagal que existia na área. Segundo populares, o espaço ainda é utilizado por usuários de drogas, que causam uma sensação de insegurança ainda maior na região.

“Trabalho no Shopping Montserrat e preciso pegar ônibus em frente esse terreno. Até o muro que existe em apenas um dos lados foi quebrado para que eles passem mais facilmente. Infelizmente, a sensação de insegurança é grande e ficamos dependendo da ajuda policial o tempo todo”, afirmou a popular que preferiu não se identificar.

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!