28.7 C
Serra
sábado, 22 janeiro - 2022
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 71.679 casos
  • 1.485 mortes
  • 69.752 curados

Condôminos fazem grupos na web e feiras para incrementar vendas

Leia também

Serra terá dois novos pontos de testagem de Covid-19 | Confira

Diante do crescente número de casos positivos de Covid-19 registrados nos últimos dias, a procura por testes aumentou e...

Avanço explosivo da Ômicron adoece 1.550 pessoas na Serra em 24h

A circulação da variante Ômicron em território capixaba tem causado um aumento explosivo de novos casos da Covid-19 na...

Serra volta para risco moderado e pode sofrer restrições devido ao avanço da Covid-19

Devido ao aumento de casos de coronavírus e mortes causadas por complicações da Covid-19, a Serra voltou a ser...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br
Gabriel Almeida é jornalista do Tempo Novo há mais de sete anos. Atualmente, escreve para diversas editorias do jornal.

Moradores do condomínio Happy Days já fizeram quatro feiras onde além de produtos e serviços, também vendem e compram comidas e bebidas. Foto: Divulgação

Clarice Poltronieri

Com o intuito de aumentar o orçamento familiar e interagir com os vizinhos, moradores de condomínios da Serra estão aprimorando os grupos de WhatsApp e promovendo feirinhas onde cada empreendedor expõe e vende seus produtos enquanto conhece a vizinhança.

No condomínio HappyDays, em Morada de Laranjeiras, a feirinha já aconteceu quatro vezes, e a ideia é de fazer uma por mês. Uma das organizadoras é MartaJamila de Oliveira. “Começou com um grupo de WhatsApp, que cresceu, e decidimos fazer a feira, que hoje tem venda de produtos, além de comes e bebes. A ideia é promovermos uma por mês. É interessante para todos, pois temos um dia de interação com os vizinhos e como nosso condomínio fica longe de tudo, proporcionamos lazer aos moradores e visitantes”, explica.

Também em Morada de Laranjeiras, o condomínio Monte Verde já tornou a feira uma atração mensal. O subsíndico Ralph Oliveira relata como começou.“ No início os moradores vendiam seus produtos em um grupo no WhatsApp. Depois, em assembleia, decidimos pela realização de uma feira. Compramos barracas com o dinheiro do condomínio e agora cobramos uma pequena taxa para repor o caixa”, explica.

Ralph detalha que o grupo no WhatsApp começou em 2016 e a feira em agosto de 2017. “Nosso objetivoé ajudar na economia, muitos moradores estão sem emprego formal, e promover interação entre os condôminos, pois nos conhecemos melhor. É um ambiente familiar e se houver uma visita, ela também participa”, revela.

A moradora e comerciante do Monte Verde, Fátima Ramos, aprovou. “Tenho uma barraca de petiscos na feira gourmet e é muito bom, pois além de vendermos, conhecemos os vizinhos. As pessoas já começam a pedir que seja todo sábado”, disse.

No condomínio Recanto da Serra, em Colina de Laranjeiras, os negócios acontecem no grupo de moradores, mas a feirinha ainda vai acontecer, segundo o síndico Jean Soares. “Temos um grupo de WhatsApp há uns quatro anos onde as pessoas divulgam seus produtos e vendem. São cerca de 10 moradores que vendem algo e estamos pensando em como promover uma feirinha”, adianta.

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br
Gabriel Almeida é jornalista do Tempo Novo há mais de sete anos. Atualmente, escreve para diversas editorias do jornal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!