23.7 C
Serra
sábado, 16 outubro - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 71.679 casos
  • 1.485 mortes
  • 69.752 curados

Clientes do Banco do Brasil esperam atendimento por horas em calçada de agência na Serra

Leia também

Câmara da Serra lança campanha para arrecadar e distribuir absorventes íntimos

A discussão sobre pobreza menstrual mobilizou a Mesa Diretora da Câmara da Serra. O presidente da Casa, vereador Rodrigo...

Serrana consegue anular dívida de R$ 14 mil após procurar ajuda no Procon-Ales

Com base na Lei 11.353, de autoria do deputado Vandinho Leite, que diz que moradores atuais das residências não...

Vidigal anuncia programa para castração e recolhimento de cães e gatos no município

O prefeito da Serra, Sérgio Vidigal, anunciou na tarde desta sexta-feira (15) que está criando, por meio da secretaria...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há 25 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Situação da agência de Parque Residencial Laranjeiras nesta quarta (8). Foto: Divulgação leitor

Quem precisou usar algum serviço do Banco do Brasil nesta quarta-feira (8) na Serra teve que ter muita paciência. O TEMPO NOVO recebeu diversas reclamações de clientes da agência do Parque Residencial Laranjeiras que disseram ficar por horas na fila do lado de fora do banco para conseguir atendimento.

Este é o relato de Carlos Eduardo que foi acompanhar a mãe e teve que enfrentar uma fila quilométrica até conseguir entrar no banco.

“Fui acompanhar minha mãe que está de muleta, amputada do dedão e mesmo os funcionários do banco colocando ela sentada dentro da agência eu tive que ficar do lado de fora enfrentando uma fila enorme até chegar a vez dela receber atendimento. E ela só entrou por conta de não ter como ela ficar em pé na fila do lado de fora. Além da minha mãe, outros idosos estavam na fila sem acompanhante e tiveram que ficar em pé no tempo aguardando ser atendido. A orientação que é passada pelos funcionários, mesmo sendo idoso é ficar na fila até ser chamado. Se o idoso não tem quem ficar na fila para ele, como que fica?”.

Em decisão da Febraban, os bancos estão funcionando em horário reduzido, por prazo indeterminado, enquanto durar a pandemia. No caso do Banco do Brasil, as agências ficam abertas até 14h, com atendimento das 09h às 10h exclusivo para idosos, gestantes, pessoas com deficiência e pagamento de benefícios do INSS.

Um outro usuário que não quis se identificar foi tentar habilitar o telefone para usar o Internet Banking desistiu. “A fila estava muito grande, sei que é um dia depois de um feriado prolongado, mas o banco tem que estar preparado para isso. Desisti, fui no horário de almoço e nunca conseguiria ser atendido em menos de uma hora”, reclamou.

A reportagem procurou o Banco do Brasil que por meio de nota disse que as unidades do Banco do Brasil em todo o país prestam atendimento contingenciado desde o início da pandemia do coronavírus, com prioridade para serviços como o desbloqueio de senhas e cartões, saques de benefícios sociais sem cartão, atendimento referente aos programas sociais destinados a aliviar as consequências econômicas do novo coronavírus e a pessoas com doenças graves.

“A agência registrou fluxo atípico na demanda por atendimento presencial nesta quarta-feira (8), em razão do período de pico (5º dia útil) e do feriado na data de ontem. Temporadas de início de mês normalmente registram demandas por atendimento presencial acima da média em razão do pagamento do funcionalismo público e empresas. Devido aos decretos locais, há limitação de pessoas dentro da unidade por conta do distanciamento. Todos os protocolos de cuidado e de segurança relacionados com a pandemia estão sendo cumpridos”, finalizou a nota o banco.

Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há 25 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!