• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 68.100 casos
  • 1.417 mortes
  • 66.111 curados
23.7 C
Serra
sexta-feira, 23 julho - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 68.100 casos
  • 1.417 mortes
  • 66.111 curados

Câmara aprova lei para criação de cadastro de protetores e cuidadores de animais na Serra

Leia também

Supermercado Casagrande multado em R$ 83 mil por fazer loja sem licença em Jacaraípe

A nova loja do supermercado Casagrande em Jacaraípe, prevista para ser inaugurada na semana que vem, foi multada em...

Estudo inglês demonstra que segunda dose de vacinas é essencial contra a variante delta

Mais um estudo demonstra a necessidade da segunda dose da vacina contra a Covid para que a proteção seja...

Gleisi Hoffman vem ao Estado para contribuir na formação de uma frente pró-Lula

  Com o avanço da popularidade de Lula no Espírito Santo e retomada do ex-presidente na preferência dos eleitores capixabas,...
Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

No cadastro entrariam os cuidadores e protetores, pessoas jurídicas ou físicas, que de forma frequente realizam ações de acolhimento e proteção, promovendo o bem-estar aos animais domésticos, cães e gatos. Foto: Divulgação

Um projeto de lei aprovado na Câmara da Serra na última segunda-feira (23) quer criar um cadastro municipal de protetores e cuidadores individuais de animais em situação de abandono ou risco. Uma das justificativas do projeto é de que o cadastro facilitará a campanha de vacinação antirrábica na cidade.

De autoria da vereadora Raphaela Moraes (Rede) o projeto de lei nº 122/21 foi aprovado com 17 votos computados e 3 nominais.

Raphaela explica que neste cadastro entrariam os cuidadores e protetores, pessoas jurídicas ou físicas, que de forma frequente realizam ações de acolhimento e proteção, promovendo o bem-estar aos animais domésticos, cães e gatos.

“Para fazer o cadastro, o interessado deverá apresentar declaração emitida pelo Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais (CMPDA) e também por um médico veterinário com atuação na Serra, declarando boas práticas realizadas pelo protetor ou cuidador”, destaca a vereadora.

De autoria da vereadora Raphaela Moraes (Rede) o projeto de lei nº 122/21 foi aprovado com 17 votos computados e 3 nominais. foto: Divulgação

O projeto prevê também que os cadastrados deverão manter acesso livre e fácil de todos os documentos e procedimentos realizados, carteira de vacinação, prontuário atualizado e comprovante de castração para eventuais inspeções de rotina por parte dos órgãos competentes.

A parlamentar analisa que o cadastro vai ajudar o município durante a campanha de vacinação antirrábica anual. “O cadastro vai permitir ao município saber onde estão localizados os abrigos de animais e outras ações pertinentes a causa animal. O investimento em políticas públicas voltadas à assistência ao bem-estar animal, logo se vislumbra com intuito de promover a qualidade humana e animal visto que a procriação descontrolada, gera excessivo número de cães e gatos nas ruas que promovem o surgimento de diversas doenças (zoonoses) transmitidas por estes animais”.

O projeto será encaminhado agora para a sanção ou não do prefeito Sergio Vidigal.

Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!