Bandido invade condomínio e furta dez apartamentos na Serra

0
Bandido invade condomínio e furta dez apartamentos na Serra
O condomínio foi invadido na madrugada da última segunda-feira (1). Foto: Reprodução Internet

Um criminoso invadiu o condomínio fechado Arboretto, em Hélio Ferraz, na Serra, e conseguiu entrar em dez apartamentos, de onde foram levados dinheiro, celulares e outros aparelhos domésticos. O crime que aconteceu na madrugada da última segunda-feira (1) aterrorizou os moradores.

O TEMPO NOVO conversou com uma das moradoras que teve sua residência invadida e, de acordo com ela, os condôminos estão aterrorizados com o ocorrido e temem novas invasões. 

“Pelo que parece foi apenas um bandido que entrou aqui no condomínio e levou dinheiro e aparelhos eletrônicos. O condomínio não passou muitas informações para gente. Mas sei que o bandido entrou pela rua que fica atrás do Arboretto, onde tem um lixão. Vizinhos meus tiveram várias coisas furtadas. Já fiz o meu boletim de ocorrência”, detalha a moradora que não será identificada na matéria por motivos de segurança.

Outro morador, que também não será identificado, na madrugada desta terça-feira (2) ocorreu uma nova tentativa de invasão no residencial. “Não sabemos se é a mesma pessoa ou se é outra. Mas as câmeras de videomonitoramento mostram que um bandido quase conseguiu invadir pelo mesmo local”, afirma. Ainda segundo ele, o bandido que conseguiu invadir o condomínio na madrugada da segunda-feira (1) escolheu o primeiro e o segundo andar para realizar os furtos.

Administração do condomínio

A reportagem entrou em contato com a administração do condomínio Arboretto que disse não saber nada sobre o roubo e por isso não iria se pronunciar. “Não sei do que o senhor está falando. Peço desculpas, mas não temos nada a relatar. Obrigada pelo contato”, disse.

Polícia Civil

O TEMPO NOVO acionou a Polícia Civil para saber como anda as investigações do caso e através da assessoria de imprensa foi informado que “a PC investiga todos os casos formalizados nas delegacias, e orienta que as vítimas desse tipo de caso registrem a ocorrência em qualquer delegacia, munida de todo material que comprove o crime e que auxilie a polícia no trabalho de investigação”.

Disse ainda que a Polícia conta com a colaboração da população e qualquer contribuição para identificação de suspeitos podem ser feitas por meio do Disque-Denúncia 181 ou pelo disquedenuncia181.es.gov.br, onde é possível a pessoa anexar imagens e vídeos de ações criminosas. O sigilo e anonimato são garantidos.

Comentários