22.1 C
Serra
quarta-feira, 08 de julho de 2020

Avanço do coronavírus triplica na Serra em duas semanas, diz estudo

Leia também

Com 278 novos casos em 24 horas, Serra já registra 8.520 moradores infectados pela Covid-19

Continua subindo diariamente o número de casos confirmados de coronavírus na Serra. Sendo a segunda cidade com mais confirmações...

Curados são mais da metade dos casos confirmados de coronavírus na Serra

Mesmo com o aumento diário de moradores infectados pelo coronavírus, a Serra também está se destacando no número de...

Mais 12 moradores da Serra morrem por coronavírus e cidade registra 348 óbitos

Após algumas semanas registrando uma diminuição no número de mortes diárias causadas pelo coronavírus, a Serra voltou a ter...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Nezio Fernandes, secretário de Saúde do ES ao lado de Luiz Carlos Reblin, subsecretário da pasta durante coletiva desta segunda (1). Foto: Divulgação

O número de infectados pelo coronavírus cresceu três vezes no espaço em duas semanas na Serra. É o que apontam os dados da 2ª etapa do Inquérito Sorológico realizado nos municípios do ES.

As informações foram divulgadas na tarde desta segunda-feira (01) pelo secretário de Saúde do ES, Nésio Fernandes. Segundo ele, 206.559 pessoas que já contraíram Covid-19 a no Espírito Santo, o que dá 5,14% da população. O levantamento da 2ª etapa do Inquérito aconteceu entre os dias 27 e 29 de maio.

A primeira fase do Inquérito, entre 13 e 15 de maio, apontou que 84.931 capixabas já tinham tido contato com o vírus. A metodologia do Inquérito é por amostragem, com os agentes visitando uma quantidade de residências e fazendo testes nos moradores. A partir de projeção estatística dos resultados desse grupo da amostragem, chega-se ao número total de infectados.

Na primeira etapa foram realizados 4.612 testes. Já na segunda 4.644. “Na primeira etapa, 97 cidadãos testaram positivo. Na segunda etapa, 239 cidadãos deram positivo. O número de casos positivos apontou a Serra com crescimento de quase 3 vezes maior com relação a primeira etapa”, observou Nezio.
O Inquérito Sorológico ainda terá outras duas etapas. A próxima será em 15 dias e a subsequente, duas semanas após.

Pardos e negros estão sendo mais atingidos

Outro dado que chamou atenção na 2ª etapa é o de que os pardos e negros somam 70% dos casos positivos. Já a idade média dos infectados é de 44 anos. E também revelou crescimento maior da doença em lares com mais do que cinco moradores.

Dos que testaram positivo, 39% tiveram tosse e 37% perda de olfato e paladar. Também houve aumento no número de casos assintomáticos.
“Os números são um alerta para mostrar uma possível sobrecarga no Sistema de Saúde Pública. O Inquérito vai nos permitir organizar ainda com mais precisão o sistema de saúde a partir da taxa de transmissão da doença”, explica o secretário.

Nezio acrescenta que, com os dados, já é possível reconhecer o padrão da pandemia no ES “E a partir deste momento poderemos refinar ainda mais o conjunto de decisões para o enfrentamento “.

Por fim, Nezio agradeceu os mais de 400 trabalhadores que estão participando do inquérito e também os órgãos e instituições que ajudam no estudo.

Comentários

Mais notícias

Curados são mais da metade dos casos confirmados de coronavírus na Serra

Mesmo com o aumento diário de moradores infectados pelo coronavírus, a Serra também está se destacando no número de pessoas curadas da Covid-19. De...

Mais 12 moradores da Serra morrem por coronavírus e cidade registra 348 óbitos

Após algumas semanas registrando uma diminuição no número de mortes diárias causadas pelo coronavírus, a Serra voltou a ter altos casos fatais dentro do...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!