27.5 C
Serra
domingo, 20 de setembro de 2020

Audifax diz que obra da rotatória de Maringá será entregue nos próximos dias

Leia também

Moradora da Serra pede ajuda para continuar cuidando de animais resgatados de maus-tratos

Cuidar de um animal muitas vezes é difícil para algumas pessoas, agora imagine cuidar de 25 cães e ainda...

Serra despenca no ranking de qualidade da educação inicial e não bate meta do Ideb

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), divulgado nas últimas semanas, aponta uma significativa queda da Serra no...

Homem é morto a tiros no meio da rua em Serra Dourada III

Os moradores de Serra Dourada III tomaram um baita suto na madrugada desta sábado (19). É que um homem...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

De acordo com a Prefeitura da Serra, as obras estão sendo finalizadas. Foto: Fernando Rubim

Após não cumprir a promessa de entregar a obra da Rotatória de Maringá no final de julho, a Prefeitura da Serra afirmou que as melhorias devem ser entregues à população nos “próximos dias”. A construção, que promete agilizar a vida de 100 mil pessoas e evitar acidentes, está sendo alvo de muitas dúvidas e até reclamações de motoristas que circulam pela região de Porto Canoa diariamente. De acordo com o prefeito Audifax Barcelos (Rede), a obra é importante para toda a cidade.

O local que interliga aproximadamente sete bairros era palco de vários acidentes e também de engarrafamentos. Agora, a promessa do Município, é que com a entrega da nova obra, os moradores e também pessoas de fora da cidade que precisam passar pela região, poderão contar com mais segurança e também com o fim das filas imensas do trânsito. O Município gastou R$ 10 milhões com a obra.

Conforme noticiado pelo TEMPO NOVO, a prefeitura tinha prometido finalizar a obra – menos a sinalização – no último dia 31 de julho, mas isso não aconteceu. Agora, nesta sexta-feira (14), a assessoria de imprensa do Município afirmou que as melhorias serão finalizadas nos “próximos dias”, mas não definiu uma data exata.

O prefeito da Serra, Audifax Barcelos, comentou sobre a construção e afirmou que a obra é importante para todo o município. “Estamos muitos felizes com a entrega da rotatória de Maringá, que, além de desafogar o trânsito, vai gerar mais segurança para os moradores e também vai possibilitar uma economia de tempo para as pessoas irem para seus compromissos.”

Além da construção da rotatória, novas ciclovias, calçadas e sinalização viária, a intervenção inclui a construção e recuperação de um conjunto de vias que totalizam uma extensão de, aproximadamente, 5,7 km, entre as avenidas Norte Sul, Porto Canoa, Civit I, João Pinheiro e a rua Santa Maria. A rotatória ainda terá uma saída para a BR-101, na altura do BKR, logo depois do bairro Barcelona.

“As intervenções têm por objetivo garantir o tráfego mais seguro e ordenado com circulação, fluidez, segurança e melhoria da mobilidade urbana no entorno”, finalizou a assessoria numa nota divulgada.

Moradores afirmam que falta iluminação e sinalização no local

Município afirma que obra vai trazer melhorias para 100 mil moradores. Foto: Everton Nunes

A construção da nova rotatória de Maringá está trazendo transtornos para os motoristas e pedestres que precisam circular diariamente pela região. No local, que interliga aproximadamente sete bairros, falta iluminação em algumas partes e também está sem a sinalização completa, já que as obras ainda estão em andamento. Quem passa por lá, cobra agilidade nas melhorias, pois se sentem inseguros e temem acidentes.

Everton Schneider mora em Porto Canoa, e precisa passar todos os dias pelo local onde está sendo realizada a obra. De acordo com ele, a iluminação está precária e isso está aumentando até o risco de assaltos na redondeza. “Muitas vias estão sem iluminação e a noite fica muito escuro. Ontem (11) um motorista de aplicativo foi assalto por ali. Precisamos que essa obra ande e seja finalizada logo, pois os transtornos são grandes”, afirma o popular.

Ainda de acordo com o morador, a falta de sinalização também preocupa. “Quem não conhece precisa pensar muito antes de andar pelas ruas, caso contrário ele fica perdido e fica dando várias voltas. Não tem sinalização vertical e nem horizontal, sendo que era preciso pelo menos uma provisória para que não aconteça um acidente. Sem contar que a obra está acontecendo muito devagar, o que aumenta e muito os transtornos”, reclama.

Sobre as reclamações da falta de iluminação, a assessoria de imprensa da prefeitura disse que o local já conta com iluminação pública, mas o Município está ampliando a iluminação no local, de acordo com o projeto da nova rotatória.

Comentários

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Mais notícias

Serra despenca no ranking de qualidade da educação inicial e não bate meta do Ideb

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), divulgado nas últimas semanas, aponta uma significativa queda da Serra no ranking estadual da qualidade educacional...

Homem é morto a tiros no meio da rua em Serra Dourada III

Os moradores de Serra Dourada III tomaram um baita suto na madrugada desta sábado (19). É que um homem foi assassinado por volta das...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!