22.5 C
Serra
quarta-feira, 12 de agosto de 2020

Assembleia vai debater pautas urgentes da enfermagem em audiência pública

Leia também

Terceirizados da Vale fazem protesto e bloqueiam entrada da empresa em Carapina

Funcionários de empresas terceirizadas estão bloqueando a portaria da Vale, em Carapina, na manhã desta quarta-feira (12). A manifestação...

Com mais quatro moradores mortos em 24h, Serra já possui 450 óbitos por Covid-19

Após registrar uma diminuição no número de mortes diárias causadas pela Covid-19, a Serra teve um novo aumento: seis...

Quer emprego? Empresas abrem 140 vagas de trabalho nesta quarta na Serra

Quem está procurando uma oportunidade de trabalho deve ficar atento. Isso porque várias empresas abriram vagas de emprego nesta...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Janete de Sá é presidente da Frente Parlamentar de Valorização da Enfermagem da Assembleia Legislativa. Foto: Divulgação / Ales

A Frente Parlamentar de Valorização da Enfermagem da Assembleia Legislativa, realiza nesta terça-feira, 14, uma audiência pública virtual com a participação do secretário estadual de Saúde, Nésio Fernandes e do Conselho Regional de Enfermagem (COREN), para discutir as pautas urgentes da categoria. Além do secretário Nésio, irão participar a presidente do Coren-ES, Andressa Barcellos, e os subsecretários de Saúde, Luiz Carlos Reblin e Quelen Tanize.

A Frente é presidida pela deputada Janete de Sá que disse que no início do mês passado, atendendo a uma demanda do Coren,  apresentou o Projeto de Lei nº 324/2020, que regulamenta a oferta de espaços adequados de descanso e convivência para os profissionais de Enfermagem, auxiliares, técnicos e enfermeiros,  de todas as instituições de saúde no Estado do Espírito Santo.

“Além disso, intermediei uma reunião com o secretário Nésio e o Coren para discutir outras demandas urgentes da categoria, tais como pagamento de 40% de adicional de insalubridade para todos os profissionais de saúde da rede estadual e disponibilidade de hospedagem em hotéis para quem está no front da pandemia e não pode voltar para casa. Essas e outras demandas que afetam o exercício profissional de Enfermagem no Espírito Santo foram levantadas durante fiscalização da Operação Anna Nery, realizada pelo Coren, que acontece por tempo indeterminado em instituições de saúde públicas e privadas”, afirmou a deputada Janete de Sá, que é enfermeira de formação.

A audiência pública acontece nesta terça-feira, dia 14, às 19h30, pelo canal da Assembleia Legislativa no YouTube, YouTube/AssembleiaES. O evento vai ser aberto aos profissionais de enfermagem para que todos possam acompanhar as discussões.

Comentários

Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Mais notícias

Com mais quatro moradores mortos em 24h, Serra já possui 450 óbitos por Covid-19

Após registrar uma diminuição no número de mortes diárias causadas pela Covid-19, a Serra teve um novo aumento: seis moradores perderam a batalha contra...

Quer emprego? Empresas abrem 140 vagas de trabalho nesta quarta na Serra

Quem está procurando uma oportunidade de trabalho deve ficar atento. Isso porque várias empresas abriram vagas de emprego nesta quarta-feira (12). As oportunidades estão...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!