• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 57.848 casos
  • 1.210 mortes
  • 55.783 curados
24.7 C
Serra
quarta-feira, 12 maio - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 57.848 casos
  • 1.210 mortes
  • 55.783 curados

Artista retrata Serra em charges há 17 anos

Leia também

Em 24h, Serra perde mais 9 moradores para o coronavírus e registra 322 novos infectados

A Serra atingiu, no final da tarde desta quarta-feira (12), a triste marca de 1.210 moradores que morreram por...

Prefeitura da Serra abre 3.500 vagas para vacinação contra gripe nesta quarta

A Prefeitura da Serra, através da Secretaria Municipal de Saúde (Sesa), vai abrir 3.500 novas vagas de vacinação contra...

Parceria entre Prefeitura e Sebrae quer capacitar lideranças e contribuir para o turismo da Serra

Fortalecer municípios que possuem pontos turísticos no Espírito Santo. Esta é a intenção da parceria que o Sebrae está...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há 25 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Luiz explica que os temas e a direção de arte das charges partem da redação do Tempo Novo.  A partir daí o desenho toma traços e formas
Luiz explica que os temas e a direção de arte das charges partem da redação do Tempo Novo. A partir daí o desenho toma traços e formas. Foto: Ana Paula Bonelli

Por Ana Paula Bonelli

Mais de 600 charges em 17 anos de parceria. Não é exagero afirmar que a identidade visual da página dois do Jornal Tempo Novo se confunde com a arte do desenhista Luiz Tozatto. Talento que o artista começou a cultivar e aperfeiçoar ainda na infância.

Morador de Laranjeiras, Tozatto conta que seu primeiro contato com o lápis aconteceu na escola. “Foi quando os meus pais viram o meu primeiro desenho, me lembro até hoje da figura do fusca que fiz. A partir daí eles me incentivaram muito”.

Mas a relação com o Tempo Novo não começou em 1997. Luiz passou pelo jornal nos primórdios da instituição, em 1985. A função era de auxiliar de serviços gerais, mas já naquela época ele deu as suas “pinceladas” nas charges.

“Decidi sair para poder me dedicar a música. Em 1997, eu recebi uma proposta para desenhar as charges para a coluna Mestre Álvaro e para a extinta coluna Futebol é Futebol do falecido Idelson Gadioli, desde então, estou à frente dos desenhos do jornal”, relata.

Luiz explica que os temas e a direção de arte das charges partem da redação do Tempo Novo.  A partir daí o desenho toma traços e formas. Das mãos de Luiz, saem caricaturas de políticos e pessoas influentes na cidade.

Falecido

E não faltam casos interessantes para contar. Um dos mais polêmicos foi a charge publicada em 1998 que se referia ao então prefeito Sérgio Vidigal. Conta-se que Vidigal mandou uma carta para um cidadão pedindo voto para o candidato a governador Albuíno Azeredo. O problema é que o destinatário havia morrido.

“Fizemos a charge ilustrando o caso e a família do falecido encarou como uma ofensa e se queixou junto ao prefeito, o mesmo publicou em outro jornal uma nota de repúdio em relação a esta charge. Fiquei impressionado com a proporção que o assunto tomou”.

Outras reações como olhares admirados, risos e críticas também fazem parte do misto de sensações. Luiz também faz desenhos e caricaturas sob encomenda. Interessados podem entrar em contato pelo email [email protected]. Confira algumas charges já publicadas no jornal Tempo Novo:

 

Charge 3            charge charge1             China

Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há 25 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!