29.5 C
Serra
segunda-feira, 17 de fevereiro de 2020

Apesar da chuva, turfa segue queimando na Serra

Leia também

Rede nacional diz que Serra vai ter candidato a prefeito e Audifax pode ser Governador

O Centro da Boa Convivência de Laranjeiras foi palco neste sábado (15) da Convenção Estadual da Rede Sustentabilidade. No...

Em evento concorrido, PSB confirma pré-candidatura de Bruno Lamas à Prefeitura da Serra

A Serra foi o município escolhido para o PSB do Espírito Santo dar o start oficial à sua Pr'é-campanha...

Violência em Vitória: “É totalmente possível que chegue à Serra”

Diante dos ataques que estão assustando moradores e comerciantes de Vitória, a populaça da Serra está em estado de...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

O combate ao foco na região de Furnas segue na manhã desta segunda (18). Foto: Divulgação / Olimar Silva
O combate ao foco na região de Furnas segue na manhã desta segunda (18). Foto: Divulgação / Olimar Silva

Por Gabriel Almeida

Apesar do final de semana chuvoso, o incêndio na área de turfa não só continua como piorou, prejudicando ainda mais a já castigada saúde respiratória dos moradores da região. Segundo o Diretor da Defesa Civil da Serra, Olimar Silva, a chuva não “faz nem cócega” em relação ao problema.  Olimar afirma que para que a chuva ajude no combate tem que cair muita água. “Desde quinta-feira (14) o Corpo de Bombeiros está na região de turfas combatendo a queimada na região de Furnas, próximo ao bairro Jardim Tropical”, explica.

O diretor ainda disse que desde as sete da manhã desta segunda-feira (18) os bombeiros estão combatendo a queimada no local. “Estamos realizando todos esforços possíveis para tentar acabar logo com esses focos de incêndio”, afirma.

Sobre o incêndio na turfa da região de Pitanga –  outra área atingida – Olimar falou que o combate retornará quando conseguirem controlar o foco em Furnas, pois este último está mais crítico e fica muito próxima de áreas densamente habitadas, como os bairros Jardim Tropical, José de Anchieta, Central Carapina e Carapina Grande.

Sem dormir

Moradores continuam sofrendo com a fumaça que é gerada da queimada. “A situação está ficando pior quando chove. Parece que a fumaça só aumenta”, afirma a moradora de José de Anchieta II, Aurora Souza, que mora próximo a região da queimada.

Em Pitanga, Chrisley Vieira da Silva afirma que fica noites sem dormir devido a fumaça. “Na madrugada deste domingo estava impossível de dormir. Não estamos aguentando mais e ninguém nos ajuda”, explica.

No fim de semana o mau cheiro foi sentido até em Colina de Laranjeiras, relataram moradores.

Comentários

Mais notícias

Em evento concorrido, PSB confirma pré-candidatura de Bruno Lamas à Prefeitura da Serra

A Serra foi o município escolhido para o PSB do Espírito Santo dar o start oficial à sua Pr'é-campanha de 2020. Em um evento,...

Violência em Vitória: “É totalmente possível que chegue à Serra”

Diante dos ataques que estão assustando moradores e comerciantes de Vitória, a populaça da Serra está em estado de alerta. Temem que a violência...

Feira de adoção de animais, promoções e samba agitam shopping no fim de semana

Poucas semanas antes da chegada do Carnaval, o capixaba que está à procura de preços baixos tem uma chance imperdível: o It Bazar +...

Evento de fortões em Guriri vai ter serranos participando

Neste sábado (15) vai ter Treinão Strong Show, em Guriri, às 15h, na praça Wilson Gomes, e vai ter serrano participando do evento. Um deles...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!
Precisa falar com o Tempo Novo? Envie sua mensagem