19 C
Serra
segunda-feira, 01 de junho de 2020

Além de caso confirmado, Serra tem 137 pacientes com suspeita de coronavírus

Leia também

Auxiliares e técnicos de enfermagem do Jayme decidem se entram ou não em greve na segunda

O Sindicato dos Auxiliares e Técnicos em Enfermagem do Espírito Santo (SITAEN-ES) marcou, para a próxima segunda-feira (1), às...

Servidores da Serra podem realizar perícia médica por meio da internet

Enquanto os serviços seguem limitados em função da pandemia do novo coronavírus, a Prefeitura da Serra está permitindo que...

Mais de 60 vagas de emprego no Sine da Serra na segunda (1)

Se você está procurando emprego o  Sine da Serra não está realizando atendimento presencial ao público, mas continua captando...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

São 137 suspeitos de coronavírus na Serra. Foto: Divulgação

O Governo do Estado confirmou, na noite da última segunda-feira (23), o primeiro caso de coronavírus na Serra. Os dados foram divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), que ainda está investigando outros 137 pacientes com suspeita da Covid-19, nome oficial da doença que já infectou 33 pessoas em todo o Espírito Santo.

De acordo com a Sesa, dos casos confirmados, cinco pacientes já estão curados, 22 estão em isolamento residencial e seis estão internados, sendo um em hospital no município da Serra e cinco em hospitais de Vitória. No total, a Serra já teve 165 notificações da doença, sendo que 27 foram descartados.

Por conta do avanço da doença em terras capixabas, o governador Renato Casagrande (PSB) vem tomando uma série de medidas, como suspensão de aulas, fechamento de comércios, proibição de abertura dos bares, limitação de cultos em igrejas com público menor do que 50 pessoas, além do pedido ao Governo Federal de proibir transportes interestadual.

Em nota, a Sesa não detalhou sobre o caso de coronavírus na Serra, e lembrou que os dados pessoais dos pacientes são invioláveis de acordo com a Constituição Federal, estando protegidos por sigilo pela Lei 13.709/2018 (Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais), sendo vedada inclusive a divulgação de bairros em que se localiza a residência dos casos suspeitos ou confirmados. “A violação destes direitos está sujeita a responsabilização administrativa, cível e criminal”, finalizou.

Comentários

Mais notícias

Servidores da Serra podem realizar perícia médica por meio da internet

Enquanto os serviços seguem limitados em função da pandemia do novo coronavírus, a Prefeitura da Serra está permitindo que seus servidores realizem a perícia...

Mais de 60 vagas de emprego no Sine da Serra na segunda (1)

Se você está procurando emprego o  Sine da Serra não está realizando atendimento presencial ao público, mas continua captando e oferecendo as vagas de...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!