• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 63.562 casos
  • 1.352 mortes
  • 61.622 curados
20.7 C
Serra
sábado, 12 junho - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 63.562 casos
  • 1.352 mortes
  • 61.622 curados

Alagamento se repete há mais de 40 anos e prejudica comunidade em André Carloni

Leia também

Ministro de Bolsonaro cita a Serra e divulga vídeo da obra do Contorno do Mestre Álvaro

Na última sexta-feira (11) o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas publicou um vídeo em suas redes sociais,...

Atenção: Serra ainda tem vagas para vacinas de Covid (1° e 2° dose) e Influenza

A Prefeitura Municipal da Serra, por meio da secretaria de Saúde, informa que das vagas abertas nesta sexta-feira (11),...

Serra retoma aulas presenciais para 14 mil alunos do 6º ao 9º ano e EJA

  As atividades para os alunos da rede municipal de educação da Serra que estão cursando entre o 6º e...
Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

Aguaceiro toma conta de rua: comunidade quer melhoria na drenagem. Foto: Divulgação

Basta chover forte para começar o tormento dos moradores das ruas Santa Terezinha e São João, localizadas numa área mais baixa de André Carloni. O alagamento inunda as vias e a água suja invade as casas. Um problema crônico de mais de quatro décadas em uma rua pavimentada e que tem redes de drenagem e esgoto.

A residência de Arlindo Paiva Moraes, conhecido popularmente como Bina, fica na rua Santa Terezinha. “Quando dá uma chuvada mais forte, a água suja invade não só a minha mas muitas casas. A água volta até pelo vaso. Já perdi estante, sofá, rack, guarda roupa. A gente paga IPTU certinho, então pedimos uma solução”, afirma.

Problema ocorre nas ruas São João e Santa Terezinha. Foto: Divulgação

Bina diz que mora há 45 anos no mesmo local. “Aqui é uma baixada para onde vem a água da parte alta, onde ficam os prédios. E sempre teve esse alagamento aqui. Quando não tinha asfalto vinha muita lama, agora é água com a imundície da rua. É até perigoso a gente pegar doença”, alerta.

Morador e ativista comunitário, José Renato Laranja disse que já avisou autoridades do município sobre o problema. “As duas ruas ficam numa parte para onde vai muita água. E a rede de drenagem é estreita, da grossura de uma manilha. Não dá conta, precisa ser mais larga. Queremos que façam uma galeria”, pede.

A situação chegou até a Câmara de Vereadores. A pedido da comunidade, no último dia 05 de maio, o vereador Jefinho do Balneário (PL) encaminhou à Secretaria Municipal de Obras (Seob) ofício solicitando a elaboração de um plano de macrodrenagem visando a implantação de galeria para escoamento da água da chuva.

Veja abaixo vídeo feito por morador de como fica essa parte do bairro quando chove forte.

 

Em nota a Secretaria de Obras da Serra disse que está elaborando projeto para melhorar a drenagem na região. Informou ainda que as obras de melhoria estão previstas para começar em agosto.

 

Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!